Seguro – Aeronaves no RBAC 103

A Comissão de Aerodesporto Brasileira – CAB, em virtude da exigência de contratação de seguro para os voos de instrução em aeronaves enquadradas no RBAC 103 fez uma pesquisa para saber qual empresa poderia oferecer o seguro. Até o momento a única empresa que conseguiu atender estas condições para os aerodesportistas foi a Billy Seguros, empresa parceira da Mapfre Seguros. Hoje ela consegue atender  aos pilotos de Paramotor,  de Paratrike e de Balão Livre Tripulado.

Clique no link  https://www.cab.org.br/seguros/  e confira qual é a melhor proposta da Billy Seguros para você.

CAB estará representada no IBAS 2019

Reunião aconteceu nessa segunda-feira em São Paulo

A presidente da CAB –Comissão do Aerodesporto Brasileira, Marina Posch Kalousdian, participou, nessa segunda-feira, 21 de janeiro, em São Paulo-SP, do lançamento oficial do projeto

“Universidade do Ar, 1º Anuário de Recursos Humanos para Aviação e do IBAS- International Brazil Air Show”.

IMG_2349

IMG_2353

IMG_2334

IMG_2344

Durante o encontro, o tema em destaque foi a ‘Conectividade e Inovação para o fortalecimento do Transporte Aéreo’ levando em conta o novo governo e as diretrizes para o setor. Também aconteceu a discussão sobre a inauguração do GATGRU: 1º Portal de Atração de Investimento Estrangeiro Direto – FDI, cujo foco foi a importância do GAT no Brasil.

O IBAS- International Brazil Air Show que será organizado pela Sator, acontecerá nos dias 11, 12 e 13 de setembro de 2019 no Aeroporto Internacional de Guarulhos-SP.  A CAB irá participar desse evento, em setembro, com a divulgação e realização do 2º Prêmio CAB do Aerodesporto, que terá palestras com atletas e recordistas, entre outros convidados de diversas áreas ligadas aos aerodesporto e show aéreo.

“Será uma oportunidade extremamente útil para reunirmos pessoas e movermos ações conjuntas ao redor do propósito único de acelerar o desenvolvimento planejado do setor”, disse Marina. “Na reunião, pela manhã de segunda-feira, também tive a chance de conversar com várias pessoas da Universidade Anhembi Morumbi, da Universidade do Ar, além de representantes da SAC, ANAC e DECEA sobre fomento e apoio ao aerodesporto pela aviação, espaço aéreo e certificação”.

1-IMG_3253

IMG_3254

IMG_3255

Interessante:

http://www.institutoaviacao.org/noticia/terminal-para-aviacao-executiva-e-inaugurado-no-aeroporto-de-cumbica

http://internationalbrazilairshow.com.br/2019/00/

http://www.institutoaviacao.org/o_instituto

CAB no IBAS 2019 no Aeroporto de Guarulhos.

A CAB irá participar do IBAS 2019 com o 2º Prêmio CAB e com uma rodada de palestras sobre campeonatos, recordes, espaço aéreo, regulamentos, equipamentos e outros temas. Save the Date: 11, 12 e 13 de Setembro de 2019 – Aeroporto de Guarulhos.

Obrigada ao IBAS e a Sator.

Marina Posch Kalousdian | Presidente da CAB.

ext

Brasil será sede do Campeonato Mundial de Paramotor e Paratrike em 2020.

Campeonato Mundial de Paramotor FAI em 2020 no Brasil

Em reunião plenária no subcomitê da CIMA – Comissão Internacional de Microleves e Paramotores, da FAI – Federação Aeronáutica Internacional, que ocorreu no dia 22 a 24 de novembro de 2018, na Arábia Saudita, por unanimidade aprovaram preliminarmente a proposta para o Brasil ser país sede do próximo Campeonato Mundial de Paramotor e Paratrike.

Este será o 11° Campeonato Mundial de Paramotor FAI (WPC – World Paramotor Championship), conhecido como campeonato FAI clássico, que compreende provas de navegação, economia e precisão, nas modalidades Paramotor SOLO (PF1T), Paratrike SOLO (PL1T) e Paratrike DUPLO (PL2T).

CIMA - FAI Membros Mundiais na CIMA – FAI.

A proposta de intenção do Brasil foi apresentada pelo Sr. Ricardo Maciel – Delegado Alternado CIMA-FAI, que participou da reunião da subcomissão de paramotor e Sr. Gustavo Albrecht – Delegado CIMA-FAI, onde destacaram o potencial e capacidade do país para sediar o evento, o Município de Araçatuba – SP foi indicado para a realização do evento. A proposta foi apresentada pela ABUL – Associação Brasileira de Pilotos de Aeronaves Leves e conta com o apoio da CAB – Comissão de Aerodesporto Brasileira e Clube de Paramotor Araçatuba.

46507187_1341493412657367_7523742517347483648_n

Na reunião foram tratados diversos assuntos relativos aos próximos campeonatos (campeonato europeu, campeonato asiático, campeonato mundial de slalom e mundial clássico), alterações nas regras dos campeonatos e catálogo de provas, em síntese visando aumentar a segurança dos pilotos e corrigir distorções nos resultados de classificação, promovendo maior competitividade.

Ricardo Maciel destaca que com a aprovação preliminar, já iniciou os trabalhos com uma comissão técnica, para a formulação de uma proposta com mais informações sobre o local da competição, que compreende também a elaboração de um regulamento local e catálogo de provas, para ser apresentado para deliberação na CIMA em janeiro de 2019.

Após a aprovação final da proposta pela CIMA, será formada uma comissão no departamento de paramotor da ABUL com pilotos brasileiros interessados em participar das competições, para tratar sobre o calendário de campeonatos nacionais de 2019-2020, critérios para definição de ranking brasileiro e seletiva para o mundial.

Para elevar o nível técnico dos atletas brasileiros, o Departamento de Paramotor da ABUL pretende promover treinamentos, com a participação de atletas e instrutores estrangeiros com experiência em competições internacionais.

Pilotos interessados em participar das competições, precisam fazer o cadastro no sistema http://adm.abulparamotor.com.br e encaminhar e-mail para [email protected] solicitando a inclusão de seu cadastro na equipe de competição.

Novo PRESIDENTE da FAI

Caros membros da CAB e Aerodesportistas,

A FAI tem um novo presidente:
Robert Henderson da Nova Zelândia foi eleito com um mandato de 4 anos na Conferência Geral da FAI em Luxor, Egito, no último final de semana.

A última pessoa de fora da Europa a atuar como presidente da FAI foi Clifton F von Cann, dos EUA, que foi presidente de 1988 a 1990.

Sobre Robert Henderson

O Sr. Henderson tem experiência como oficial militar sênior, piloto e instrutor e, posteriormente, Gerente de Treinamento da frota Airbus A320 na Air New Zealand. Ele foi nomeado membro da Ordem da Nova Zelândia por seus serviços na aviação esportiva e é piloto de planadores em seu tempo de lazer.

45108061_1325581267581915_6004447709547724800_n

“Ser eleito pela comunidade mundial de esportes aéreos como seu presidente é uma grande honra e uma experiência de humildade”, disse ele.

“Estamos enfrentando uma série de desafios como uma Federação Internacional de Esportes, e não menos importante é encontrar fontes adicionais de financiamento.

“Estou ansioso para enfrentar esses desafios nos próximos dois anos, especialmente.

“Haverá muito trabalho árduo para levar a organização adiante, mas temos uma excelente equipe no Conselho Executivo e uma equipe excelente trabalhando para nós em Lausanne e estou confiante de que, com a ajuda deles, podemos fazer a diferença. “

Planos de curto prazo do Sr. Henderson

Henderson definiu algumas metas-chave como parte de seu plano para os próximos três meses, incluindo a garantia de que os Jogos Mundiais Aéreos, na Turquia, planejados para 2020, sejam bem organizados e administrados com eficiência.

“Este é um tremendo empreendimento e envolve centenas de pessoas, a grande maioria das quais são voluntários”, disse ele.

“Devemos à THK, a organizadora turca e aos nossos membros e esportistas, focar de perto neste evento para garantir seu sucesso.”

O presidente Henderson mora na Nova Zelândia, o que significa que será relativamente fácil para ele trabalhar com os membros da FAI na Ásia, onde ele observa que vários países têm grande potencial de crescimento no campo de esportes aéreos.

Para negócios de rotina com a sede da FAI em Lausanne, na Suíça, ele pretende usar a videoconferência sempre que possível.

“O Zoom é uma ferramenta de conferência maravilhosa e estaremos aproveitando ao máximo essa capacidade para reduzir o tempo de viagem e os custos de viagem”, disse Henderson.

“Também quero acelerar o trabalho em nosso projeto estratégico, ONE FAI, para realizar com urgência o recurso de mão-de-obra, a tomada de decisões e a economia potencial de custos.”

Membros da CAB com os relatores da ANAC.

Hoje na sede paulista da ANAC membros da formatação da Regulação do Aerodesporto Brasileiro, divulgaram a nova regra para os membros da CAB  “ABUL , ACRO Brasil, CBB, CBPq, CBVL, COBRA e FBVV” entre outras entidades e que estará em vigor a partir de 1 de Janeiro de 2019.

cab Membros da CAB e ANAC.

35686725_1203491329790910_6838496668707454976_n Acesse a Regulação de Aerodesportos da ANAC.

35628506_1203491339790909_7716111349461286912_n Auditório da ANAC em São Paulo.

Equipe Brasileira no 10º Campeonato Mundial de Paramotor e Paratrike na Tailândia 2018.

Toda expectativa para o Campeonato Mundial de Paramotor e Paratrike na Tailândia não poderia ser melhor, apesar da burocracia para despachar os equipamentos, passagem pela Receita Federal com as respectivas notas fiscais dos equipamentos e processo de Despacho Simples de Exportação, toda a equipe dividida em vários voos via Dubai na sua maioria e Addis Ababa onde eu , Mauricio Braga, Alan Braga e Caco chegamos ao destino Bangkok… Desembarque sem muitos contratempos pois a organização tinha enviado uma carta a todos os participantes com a grafia local um comunicado referente a bagagem, tudo certo na imigração e alfândega. Um dia em Bangkok e todos os pilotos reunidos, locação de VANS e PICK-UP seguimos para a região de LopBuri onde ficamos por 12 dias.

31223725_1737923272922285_4782395983302492160_n (1)

Galera descansada depois do longo tempo de viagem e fuso horário e equipamentos são montados, vários contratempos entre montagem e treinos acontecia dia a dia, todo tipo de falhas e quebras a cada piloto… Acabado os treinos alguns ainda com problemas e vamos realizar um treinamento de emergencia na água, onde todos os participantes recebem instruçnao de salvamento com utilização de oxigenio para ção dentro dágua, pois varias provas serão realizadas em cima de um lago, todos passaram no teste, no dia seguinte a Cerimonia de Abertura do 10º Campeonato Mundial de Paramotor e Paratrike é realizado com autoridades locais, membros da FAI e organizadores… Apresentação da cultura tailandesa e representante de cada nação sobrevoando com as suas respectivas bandeiras a frente da área do evento. Confraternização, briefing entre team leader e no dia seguinte inicio das Provas.

30171833_1241683175961924_3933501755808193976_o

30171210_1241685379295037_8025361010101508650_o

3

31969807_1810365238985563_1722752738665693184_n

2

Dia 1 do Campeonato com Prova de 8 “oito” sobre o lago… Decolagem dos PL1 ” Paratrike Solo”, feito o sorteio vamos para área de decolagem, bandeira verde e decolo para o setor de espera e aguardo autorização para entrada no circuito, bandeira verde, sigo para entrar no circuito, motor falha, desisto da entrada sobre a água e me posiciono novamente quando o motor para no ar, pouso na beira do lago e logo uma equipe de resgate vem me auxiliar, retornamos ao boxe da equipe brasileira onde verificamos a quebra… Frustração e desanimo logo no inicio do evento… A prova continua e a equipe brasileira no PF1 e PL2 seguem na competição… Alguns pilotos em varias categorias ficam na agua, mas sem incidente, tudo ok!

32451908_1179501905525606_3863307882862739456_n Team Leader e suas anotações

31919445_1246124102184498_5398884696933269504_n Prova S10 | FAI.

Durante o decorrer das provas de Navegação e Precisão a equipe brasileira foi adquirindo confiança e avançaram com boa performance e alguns erros que persistiram por falta de treinamento, isso faz parte numa competição de alto nível onde detalhes podem fazer com que o piloto percam pontos, zerando a prova do dia. Com certeza um aprendizado!

32089252_1750996334958980_7840630461486333952_o Prova de Navegação.

32089407_1750996551625625_7001405800446951424_o Conferindo os turn point.

7 Area de fiscalização.

31959085_1751001361625144_2929495169948450816_o Area de decolagem.

31959791_1750997378292209_5680294050838609920_o Janela aberta PF1.

32130584_1750997798292167_4156371901108715520_o PL1.

31957307_1750998201625460_2531170037377531904_o PL2.

31961804_1751008424957771_6876743846399574016_o

32089171_1751007834957830_621212593540825088_o

31960521_1810365312318889_5869835115139432448_n Cerimonia de Premiação.

Eleita nova diretoria da CAB

Na quinta-feira (29 de março), em São Paulo, foi eleita a nova diretoria e os membros do Conselho Fiscal da Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB) para o biênio 2018-2020.

“Aerodesporto-Brasil” composta pela balonista Marina Posch Kalousdian, presidente; Luiz Claudio Ribeiro Santiago, paraquedista, vice-presidente foi a chapa vencedora. Do conselho fiscal da entidade agora fazem parte Jorge Derviche Filho (paraquedista), 1º membro; Priscila Rezende Fevereiro (piloto – parapente), 2º membro e Ricardo de Campos Ramos (volovelista), 3º membro. Murilo Rovina Ferreira (piloto de acrobacia aérea e piloto comercial), ficou como membro suplente.

De acordo com Marina Posch Kalousdian, que também presidiu a CAB nos últimos dois anos, a meta para o biênio 2018-2020 é prospectar um patrocinador para a entidade para reduzir a carga financeira sobre os atletas e os filiados. Inclusive uma meta é a indústria dos drones. “De Shenzen na China eles dominam o mundo e a Federação  Aeronáutica Internacional tem disponibilizado tempo e recursos para o incentivo de campeonatos nesta área. Em breve a Confederação Brasileira de Aeromodelismo irá organizar a Etapa Brasileira do World Drone Racing Cup em Brasília. Outro setor importante que irá trazer interessados ao Aerodesporto são os campeonatos virtuais, que inclusive a Federação Brasileira de Voo a Vela já está organizando”, elencou  a presidente eleita.

A nova diretoria da CAB também pretende  iniciar um trabalho de prestação de serviços para alavancar recursos, além de  tentar verba de R$ 1 milhão para apoiar o Time Voa Brasil que anualmente é constituído por cerca de 100 atletas. “Com este valor poderemos pagar a taxa de inscrição e as passagens dos atletas. Esse processo começamos  em 2017 com o lançamento no 1º Jantar dos Campeões”, finalizou Marina Posch Kalousdian.

WhatsApp Image 2018-03-29 at 17.06.55

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial