PLS 2835/19 – TFAC 5272 -ANAC

[email protected] [email protected] !

 

Tive a honra e a satisfação de representar a CAB  no Senado Federal na última terça-feira, dia 20 de agosto, mais especificamente na Comissão de Assuntos Econômicos-CAE, quando foram discutidos temas de interesse relevante para aeronaves que são cadastradas pela ANAC, como balões, aviões até 5.700kg,  dirigíveis, planadores e helicópteros com até 2.730kg. Uma taxa de certificação criada com a formação da ANAC, sabemos todos nós,  inviabiliza a certificação deles e há muitos anos tentamos resolver esta situação. Este ano, o Senador Angelo Coronel abraçou a ideia e o Senador Styvenson Valentim também. Ambos atuam, respectivamente,  como autor e relator do projeto PLS 2835/19.

 

Nessa terça-feira, portanto, o assunto estava na pauta como o item 20 para aprovação pela Comissão. Porém, a ANAC pediu vistas e, com isso, o projeto não foi a votação. A comunidade ficou apreensiva, pois os atletas, no caso do Balonismo, enxergam nesse projeto uma grande oportunidade de poderem ter as suas aeronaves certificadas e, com isso,  trabalhar oficialmente levando interessados a realizarem voos panorâmicos, fomentando a economia local de turismo e prestação de serviços. Dessa forma,  o atleta poderá, finalmente, viver do que mais gosta de fazer que é voar e, portanto, estar cada vez mais preparado para as competições. Com essa aprovação, claro, ganharão todos: o turismo, o Aerodesporto,  a indústria da aviação e a inovação tecnológica.

 

Por isso, [email protected], se esta revisão do projeto for para o bem de mais causas, com muito gosto aguardamos e faremos tudo o que for possível para que esse momento chegue de forma mais rápida para acrescentar o que mais deve ser adequado às novas realidades da aviação.

 

Contamos com a ANAC na parceria dessa solução e com os Senadores Autor e Relator do Projeto,  Angelo Coronel e Styvenson Valentim. O nosso agradecimento especial aos dois senadores é extensivo, também, aos demais Senadores do CAE-Comissão de Assuntos Econômicos, que, com os seus votos, com certeza farão a diferença para o crescimento da aviação, do turismo e dos esportes aéreos, que muito ajudarão o Brasil a gerar recursos extremamente necessários nesse período crucial do país.

 

Obrigada pela atenção e pelo apoio habitual de [email protected] !

 

Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

16º Campeonato Mundial de Parapente em Krushevo na Macedônia.

Foram 10 dias de provas intensas no 16º Campeonato Mundial de Parapente em Krushevo na Macedonia com 150 pilotos de 49 países e o Brasil foi representado pelos pilotos Rafael Saladini – RJ, Rafael Barros – SP, Frank Brown – ES, Marcella Uchoa – MG, Dioclécio Rosendo – PE | Team Leader, NaNi Neme e Sergio Kawakami | Logística e Midia.

69154769_1556799641126742_534349358175354880_n

Desde a chegada ao evento, cada integrante da equipe se mostrava otimista e alegre, estava realmente um clima de competição e equipe, diferente do Paragliding World Cup que é mais individual, o evento FAI | CIVL tem o peso de uma Olimpíada, onde a Nação tem o destaque especial.

Dia de treino e alguns pilotos brasileiros recebendo seus equipamentos, Rafael Barros ajustando sua selete, mais adequada ao seu tamanho, está de Genie Race “S” da empresa coreana GIN Paragliders e Frank Brown com um GIN Paragliders – Boomerang 11. Tudo acertado e adequado com a pilotagem de cada um, no dia seguinte inscrição na parte da manhã e novamente teste nos equipamentos, final do dia, cerimonia de abertura pelas ruas do vilarejo de Krushevo, uma pequena banda de musica tradicional, conduzia os 150 pilotos, guiados pelas respectivas placas do país por crianças em trajes regionais, a comunidade saudava e aplaudia em frente de suas casas durante o desfile até a pequena Praça Central da cidade. Cerimonial realizado e o Presidente da FAI | CIVL  Stéphane Malbos declara o 16º Campeonato Mundial de Parapente aberto, logo em seguida a organização preparou uma recepção aos integrantes das equipes com uma festa com comidas típicas da região.

Primeiro dia de prova com um Race to Goal de 81.5km com destaque Rafael Saladini em 5º e Rafael Barros 11º pontuando para o Brasil e Frank Brown em 49º e Marcella Uchoa 76º (3º no Feminino)… Brasil na 3ª Posição por Nação no 1º Dia… Equipe mostrando todo o potencial para o evento os 2 melhores de cada país marcam pontos por Nação, diariamente, começamos a mostrar a qualidade que o Brasil veio para esse Mundial. O vencedor do dia o francês Honorin Hamard.

68537461_2632356643441390_9094614251670077440_o Area de decolagem em Krushevo na Macedônia.

67904674_2632375653439489_8796107277204455424_o Transição nos pilões com teto de 3.000 metros e o pelotão avançando na prova.

67798096_2632376960106025_6913159542662496256_o Rafael Saladini 5º na Prova do Dia.

67726520_2632381546772233_1172089716015628288_o Rafael Barros 11º na Prova 1.

67671352_2632379596772428_9028691412824096768_o Marcella Uchoa cruzando a faixa para ser a 4ª do Dia no Feminino.

67764156_2632377140106007_4527261366708338688_o Frank Brown 49º na Prova 1 a 41 segundos e 22 pontos do lider… Aqui já começa a mostrar o nível da competição e como será esses 10 dias.

O Campeonato Mundial inicia e começa mostrar o ritmo que será o evento e como o pelotão vai se comportar… FULL SPEED!

No briefing da Prova 2, os franceses já começam a mostrar como será a briga desse mundial, Honorin Hamard e Meryl Delferriere vencedores da prova 1 e por EQUIPE. A comissão de pilotos define a prova, previsão meteorológica dada e prova no quadro, um Race to Goal de 89.1km. Nesse dia Frank Brown comenta:

Cara, olhei para cordilheira, fiz toda a minha analise do que estaria ocorrendo e botei em pratica, não funcionou, não acreditei, o pelotão começou a ficar na altura da montanha e não teve opção e começamos a contornar pelo gap e no rotor, as arvores já pequenas e batendo na selete, foi stress geral e achei um clareia cercada de arvores, foi azar, sinceramente não sei!

Do pelotão somente Rafael Barros e Marcella Uchoa sobreviveram na prova que teve novamente Honorin Hamard como vencedor, da 3ª posição por NAÇÃO “Equipe” caímos para 21ª, a noite no jantar todos abatidos e Frank Brown dizendo com sua experiência, que nada estava perdido, vai fazer falta claro que sim, mas estavam no jogo para ficar individualmente entre os 10 do Mundo e que tinha muita coisa a rolar, por EQUIPE seria uma batalha, mas que estavam disposto a buscar no dia a dia.

68751382_2634243893252665_1799257986086993920_o Janela Aberta.

67958547_2634241219919599_1365352034470985728_o Calor e peso do lastro mas sobreviveu a Prova 2… Marcella Uchoa.

67908839_2634247589918962_4931868851022331904_o Dos 150 pilotos… 52 cairam no GAP.

68372799_2634252089918512_3678921256058486784_o Rafael Barros 27º e Marcella Uchoa 80º no Goal, representaram a EQUIPE e pontuaram.

Prova 3 no briefing, os vencedores da Prova 2 com Tilen Ceglar da Slovenia e Meryl Delferriere da França, Race to Goal de 83km e com Rafael Barros fazendo uma boa corrida chegando na 9ª posiçnao empatados com Pal Takats e Christian Biasi…

68426450_2635886006421787_7372712277306245120_o Calor na rampa de Kroshevo.

67981999_2635902716420116_8548591266873475072_o Rafael Saladini na Prova 3.

67700075_2635883166422071_6400856376171560960_o Janela aberta Marcella Uchoa.

67738190_2635881713088883_9177983436650971136_o Vencedor do Dia o francês Honorin Hamard.

67815321_2635909573086097_1357053380266033152_o Frank Brown.

67765633_2635910756419312_4720586782528241664_o Rafael Barros.

Prova 4 um Race do Goal de 112km… Começa a aumentar o percurso da prova e destaque para os pilotos brasileiros Frank Brown em 3º e Rafael Saladini empatado com o italiano Christian Biasi em 5º… Brasil 1º por Nação “EQUIPE”… Alegria geral e motivação.

67753428_2636843409659380_7839176082480693248_o Equipe Brasileira.

67740584_2636843559659365_980605187603300352_n Prova do Dia.

68271070_2636962322980822_8843546629802819584_o Na rota com a Equipe Brasileira “Ruth” a divulgadora da pagina ON LINE do Mundial.

68665195_2636962139647507_3716817719606116352_o Pelotão na Prova.

67823789_2637798272897227_8926355738163412992_o Chegada no Gaol.

67765921_2637798486230539_62291521306624000_o Felix Rodriguez e familia, primeiro a cruzar o End Speed Section.

68625060_2637803829563338_7960497681548181504_o Marcella Uchoa.

Depois de ser anunciado o Brasil como sendo o vencedor por Nação a Prova 5 foi apresentada pelo Juiz Geral, Goran Dimiskovisk e um Race to Goal de 98.9km anunciada.

Nessa prova vimos um piloto a 50 metros do chão, começar a gira num canhão e subir rapidamente na termal, passados alguns minutos vimos o mesmo no horizonte numa aspiral muito rápido e comentamos (China e Dió) o que teria acontecido… Clarão muito forte e visível, era um raio… CB em atividade na cordilheira ao fundo.

67805031_2639607049383016_3642069770938875904_o Rampa.

68447727_2639608506049537_8699556910606581760_o Na rota da prova.

67873856_2639611422715912_4832531110778896384_o Rafael Saladini.

67761870_2639610229382698_8082607493013831680_o Rafael Barros cruzando a faixa do Goal.

67961494_2639612749382446_923965383696711680_o Goal Frank Brown e RESULTADOS GERAL.

Prova 6 chegando na metade do Campeonato Mundial e a partir de agora foco será total entre os pilotos na marcação e tática a ser empregada… Race to Goal de 130km com previsão de vento forte.

Prova de longa duração, lenta pelo contra vento… DeadLine as 18:00 horas, prova para interrompida no horário.

67913666_2640514639292257_3953230608116744192_o Staff do 16º Campeonato Mundial de Parapente na Macedônia.

68271067_2325130620855781_1383514854165315584_n Durante a Prova, Pal Takats.

67812033_667678527042362_5095851084635701248_o Prova interrompida por DeadLine as 18:00 horas ninguém no GOAL, melhor distancia da tcheca Petra Slivova, depois do Mundial 2005 no Brasil ela mata novamente uma prova.

No dia seguinte DAY OFF pela regra da FAI – CIVL.

Passado o dia de descanso, Briefing da Prova 7 com um Race to Goal de 98km, onde o grande destaque foi Marcella Uchoa 9º no geral numa chegada junto com Frank Brown ela cruza o End Speed Section e a faixa do Goal entre os 10 primeiros, ficando com a primeira colocação no Feminino, feito inédito no Parapente Brasileiro. A grande tristeza é o fato do piloto paulista Rafael Barros ter ficado com um pelotão no End Speed Section, sem duvida pontos que farão falta.

67965834_2643351535675234_7325392346273546240_o Chegada no Goal na Prova 7.

68267391_2643321862344868_7062624151160225792_o Pelotão ficando no End Speed Section, entre eles o brasileiro Rafael Barros.

67933673_2643325322344522_4214884448195313664_o Frank Brown cruzando a faixa do Goal.

69081052_2643329332344121_2671732145038295040_o Marcella Uchoa fazendo historia sendo a 1ª a prova de mundial pelo Brasil.

68244925_2643335499010171_6672000663750180864_o Rafael Saladini observando o pelotão no End Speed Section, não acreditando que Rafael Barros tinha caído com alguns pilotos do pelotão.

Prova 8 com um percurso de Race to Goal com 65km com o brasileiro Frank Brown ficando em 9º e continuando a sua expectativas finais de ficar entre os top 10 até o fim do evento, mais um dia ruim para Rafael Barros novamente no End Speed Section… Nesse dia ficamos acompanhando a prova e chegamos com os primeiros pilotos já pousados no Goal.

68284269_2646146575395730_5111673804283707392_n Briefing dos Team Leader antes da subida da rampa.

68755688_2647132808630440_1162642810894024704_o pelotão novamente ficando no End Speed Section, entre eles o brasileiro Rafael Barros.

69269471_2647147141962340_8842964644554342400_o Ajudando “otosan”… Pai.

67934672_2647142851962769_8987200057354747904_o Caminhando do End Speed Section.

69272513_2647141461962908_6635882136274468864_o Ferdinand Vogel vencedor da Prova 8.

Penultimo dia de prova no Mundial e um Race to Goal de 91km que destruiu todas as estratégias dos pilotos nessa prova o italiano Marco Busetta separou do pelotão, fazendo sua própria rota e colocou 13 minutos no 2º colocado e pelotão… Unica desgarrada com exito no evento, os brasileiros Frank Brown e Rafael Barros em 8º no Goal.

69184729_2648103031866751_4117791811911548928_o Rampa de Krushevo.

68303355_2648103205200067_6536852791862755328_o Relaxando antes da Prova 9.

68258227_2647140065296381_5301839700426752000_o Marco Busetta colocando 13 minutos no segundo pelotão.

68265711_2649616061715448_2938233761948499968_o Rafael Barros.

69494086_2649618221715232_7986623817285894144_o Rafael Saladini.

69184720_2649623995047988_6625722266581729280_o Marcella Uchoa.

68337244_2649609368382784_7970812676869718016_o Frank Brown.

Ultimo Dia de Prova no 16º Campeonato Mundial de Parapente em Krushevo na Macedonia um Race to Goal de 96km, com a mesma tatica Marco Busetta se desgarra depois do primeiro pilão indo para o flat, mas nem sempre as coisas dão certo e o pelotão engole ele e fica para trás e pousa… Brasileiros se destacando no flat e chegando bem no Goal.

68729246_2650634938280227_7148851718480986112_o Nem sempre tudo dá certo, Marco Busetta sozinho e baixo no flat.

69093480_2650631808280540_3410834731791548416_o Pelotnao no flat.

68612824_2650635784946809_365713007805726720_o Team Leader Brazil observando a rota.

67816946_2650637521613302_3339499336504442880_o Chegada no Goal.

68451486_2649620398381681_5048584784859627520_o Rafael Saladini.

68709639_2650643154946072_5685103533741834240_o Rafael Barros.

Premiação com Frank Brown na 9º posição… Marcella Uchoa na 4ª posição no feminino… Pódio de Nação ” EQUIPE”.

IMG_6659 Gleb Sukhotskiy, Campeão Joachim Oberhouser e Honorin Hamard

IMG_6645 Frank Brown 9º do Mundo.

IMG_6635 Yael Margelisch, Campeã Meryl Delferriere e Kari Ellis.

IMG_6640 4º posição Marcella Uchoa.

IMG_6672 Itália, França e Japão.

Balonismo – Premiados

[email protected] da CAB, forte abraço a [email protected] !

Em prosseguimento ao trabalho de divulgação da lista de homenageados com o 2º Prêmio CAB no IBAS 2019, chegou a hora do Balonismo. Dessa vez, reforço, a indicação dos respectivos nomes foi da própria CAB e o critério teve como base o nosso cuidado com o controle de resultados e feitos históricos.

Sendo assim, eis os nomes em suas respectivas categorias:
DESTAQUE:

  • Rubens Rosdon Kalousdian: 1º Campeão Brasileiro de Balonismo e atual Campeão Brasileiro e Octacampeão Brasileiro.
  • Lupércio de Barros Lima: 3º lugar no Campeonato Mundial FAI de Balonismo de 2014, em Rio Claro-SP e por muitos anos entre os Top 10 no ranking mundial.
  • Sacha Haim: Tricampeão Brasileiro de Balonismo, que realizou inúmeros voos de exploração e aventura pelo Brasil e pelo mundo.

RECORDISTAS:

  • Rui Kalousdian (piloto) e Luiz Eduardo Consiglio (copiloto) – Recorde Brasileiro de Altitude – 2001 , Recorde Brasileiro de Duração de Voo – 2001 e Recorde Brasileiro de Distância – 2001 em balão de 3.800m3
  • Feodor Nenov Jr.(piloto) – Recorde Brasileiro de Altitude – 2001 em balão de 2.200m3 voo solo.

COMPETIÇÃO BALONISMO – 2017:

  1. Ronaldo de Carvalho Morales
  2. Markus Dikran Kalousdian
  3. Warley Macedo da Silva
  4. Lupércio Barros Lima
  5. Luis Henrique de Freitas Silvestre

COMPETIÇÃO JUNIORES BALONISMO – 2017:

  1. Markus Dikran Kalousdian (26 anos)
  2. Christian Kurken Kalousdian (23 anos)
  3. Murilo Hoffmann de Souza (28 anos)

COMPETIÇÃO GERAL BALONISMO – 2018:

  1. Luis Henrique de Freitas Silvestre
  2. Fábio da Silva Passos
  3. Ronaldo de Carvalho Morales
  4. Marcos Paulo da Silva
  5. Lupércio Barros Lima

COMPETIÇÃO JUNIORES BALONISMO – 2018:

  1. Fábio Pascoalino Passos (18 anos)
  2. Markus Dikran Kalousdian (27 anos)
  3. Christian Kurken Kalousdian (24 anos)
  4. Murilo Hoffmann de Souza (29 anos)
  5. João Vitor da Silva Justo (26 anos)

COMPETIÇÃO FEMININO BALONISMO – 2018:

  1. Lou Marina Bujosa Mendonça
  2. Lais Lummertz Pinho
  3. Marina Posch Kalousdian

Obrigada a [email protected] pela atenção e até nosso encontro no IBAS, em setembro…

Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

ANAC – CHT DIGITAL

CHT digital é a nova licença dos profissionais da aviação civil

Com tecnologia QR Code, modelo traz agilidade para atualização de dados e economia

publicado: 13/08/2019 13h59, última modificação: 13/08/2019 13h59

 

A partir da terça-feira, 13/08, mais de 40 mil profissionais da aviação civil terão suas licenças em formato totalmente digital. O novo Certificado de Habilitação Técnica (CHT) está disponível via tecnologia QR Code e concede acesso a licenças e habilitações emitidas e atualizadas imediatamente no sistema, após a finalização de cada processo. Antes, o prazo para emissão de uma nova licença ou para a atualização de habilitações e exames era de pelo menos 30 dias – prazo para confecção e envio de uma nova licença impressa em cartão pela Casa da Moeda.

Outro ganho para o regulado é a isenção de taxa de emissão para a segunda via da licença, no valor de R$ 43,34. Os profissionais da aviação civil continuam remunerando o processo de validação da documentação que envolve a concessão de licenças e habilitações. O custo para impressão, tanto para novas licenças quanto para a emissão de licenças atualizadas, era atribuído à União, custando cerca de R$ 800 mil ao ano.

Para acessar a licença digital, o profissional deverá entrar no sistema: CHT – Sistema de emissão do Certificado de Habilitação Técnica e inserir login e senha utilizados para acessar o Sistema de Aviação Civil (SACI).

A validação das informações presentes na licença é feita pelo QR Code informado na mesma página de obtenção do CHT digital. O QR Code, por licença, deverá ser portado na execução das atividades dos profissionais de aviação civil.

https://www.anac.gov.br/noticias/2019/cht-digital-e-a-nova-licenca-dos-profissionais-da-aviacao-civil Estude este link que tem tudo muito bem explicado com tutoriais e passo-a-passo.

ANAC – Nova Resolução sobre processo eletrônico na ANAC

Premiados ACRO

Olá, [email protected] da CAB ! Saudações !

Agora é a vez da ACRO !!!

Em continuidade ao processo de divulgação dos homenageados 2017 e 2018 com o 2º Prêmio CAB dentro do IBAS 2019, no Aeroporto Internacional de Guarulhos-SP, nos próximos dias 11, 12 e 13 de setembro, dessa vez, conforme indicação da própria ACRO, eis a lista de pessoas que irão receber o singelo e sincero reconhecimento:
– Major Aviador José de Almeida Pimentel Neto
– Tenente Coronel Líbero Onoda Luiz Caldas
– Comandante Adilson Kindlemann
– Comandante Arnaud Rubens Rodrigues de Araújo
– Comandante Gerson Martinez
– Senhora Maria Cristina Falaschi
– Senhor Osvaldo Gonçalo Nogueira Ramos-Vadico
– Prof. Dr. Georges de Moura Ferreira
– Senhora Marina Posch Kalousdian

Estar na lista da ACRO, claro, para mim, particularmente, é um motivo de grande orgulho e agradecimento. Assim como tenho absoluta certeza de que o sentimento é o mesmo com relação aos outros oito homenageados, juntos comigo.

Obrigada, ACRO ! Obrigada a [email protected] !
Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

Premiados ABUL

[email protected] da CAB, saudações a [email protected] !

Na sequência, divulgamos, agora, respeitando a indicação da ABUL, a relação de nomes de homens e mulheres que receberão o 2º Prêmio CAB como parte das atividades do IBAS 2019, lá no Aeroporto Internacional de Guarulhos-SP, em setembro próximo, no dia 13 de setembro.

O prêmio na categoria destaque será para Rogério Martinati, diretor de Competição 2017 e 2019, Team Leader da Equipe Brasileira no WPC2018-Tailândia.

No quesito competição, Campeonato Brasileiro Paramotor e Paratrike (União da Vitória-PR/2017) a lista é composta por:
– Marcio Aita Júnior (PF1 – paramotor solo)
– Tamy Franco Suhett (PF1- paramotor solo)
– Cláudio da Silva Cardoso (PF1 – paramotor solo)
– Maurício Galvão Braga Júnior (PF1 – paramotor solo)
– Alexandre Lourenço Amaral Barbosa (PF1 – paramotor solo)
– Marcelo Simões Pinto Martins (piloto) (PF2 – paramotor duplo)
– Sonia Regina de Oliveira (copiloto)(PF2 – paramotor duplo)
– Cesar dos Santos Medeiros (PL1 – paratrike solo)
– Sérgio Massahito Kawakami (PL1 – paratrike solo)
– Samuel Martins da Rocha (PL1 – paratrike solo)
– Anderson André Bech (piloto) (PL2 – paratrike duplo)
– Cleber Berger Neckel (copiloto) (PL2 – paratrike duplo)
– Ricardo Assumpção Maciel (piloto) (PL2 – paratrike duplo)
– Claudionor Francisco Andreolla (copiloto) (PL2 – paratrike duplo)
– Valcir Antônio Aires (piloto) (PL2 – paratrike duplo)
– Claudinei Valério de Oliveira (copiloto) (PL2 – paratrike duplo)

Premiados pela participação no Mundial Paramotor FAI (WPC2018) Tailândia, brasileiro melhor classificado, estão:
– Claudio da Silva Cardoso (PF1 – paramotor solo)
– Marcelo Simões Pinto Martins (PL1 – paramotor solo)
– Ricardo Assumpção Maciel (piloto) (PL2 – paratrike duplo)
– Valcir Antônio Aires (copiloto) (PL2 – paratrike duplo)

Já na categoria Recordes, estão:
– Cesar dos Santos Medeiros (PL1 – paratrike solo/distância em linha reta)
– Cesar dos Santos Medeiros (PL1 – paratrike solo/distância em circuito fechado)
– Paulo Sérgio Seabra (PL1 – paratrike solo/distância em circuito fechado)

A todas e todos os indicados pela ABUL nossos parabéns antecipados !
Nos encontramos em Guarulhos ! Até lá !

Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

[email protected] do aerodesporto e do Paraquedismo, saudações !

Conforme dissemos na mensagem anterior, estamos divulgando, agora, a relação completa dos nomes de [email protected] que serão [email protected] com o o 2º Prêmio CAB como parte das atividades do IBAS 2019 que será realizado no dia 13 de setembro no Aeroporto Internacional de Guarulhos – SP.

Como a relação indicada pela CBPq é extensa, achamos por bem que cada [email protected] acesse a lista nesse link:
https://www.cab.org.br/cbpq-premiados

Vale lembrar que a nominata inclui premiados em competição para os anos de 2017 e 2018 nas seguintes categorias:

  • FQL 4- way
  • FQL 8-way
  • Estrela V10
  • Free Fly
  • Wingsuit
  • Pilotagem de Velame
  • Paraquedismo Clássico

Já os premiados recordistas de 2017 e 2018 são das categorias:

  • Sulamericano Free Fly Head Down 27-way
  • Sulamericano Free Fly Head Down 28-way
  •  Sulamericano de Wingsuit 16-way
  • Sulamericano de Precisão de Aterragem
  • Brasileiro para o maior número de saltos no período diurno
  • Brasileiro de Wingsuit 17-way no grip
  • Brasileiro de Wingsuit noturno 6-way
  • Brasileiro de FQL Sequencial de 2 pontos 14-way
  • Brasileiro de FQL Sequencial de 4 pontos 36-way
  • Amazonense de Free Fly Head Down 5-way
  • Amazonense de FQL 22-way
  • Cearense de FQL 25-way
  • Norte – Nordeste de FQL 40-way
  • Centro – Oeste de FQL Feminino de 6-way
  • Centro – Oeste de FQL 12-way
  • Centro – Oeste de FQL 14-way
  • Centro – Oeste de Free Fly Head Down 8-way

Forte abraço a [email protected] vocês…!
Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

Prêmio CAB – Destaques no PQD

[email protected] da CAB, saudações !!

A diretoria da CBPq – Confederação Brasileira de Paraquedismo, enviou a lista e nós começamos a divulgar os nomes dos atletas que serão homenageados como destaque com o Prêmio CAB dentro do IBAS 2019, que será realizado entre os dias 11, 12 e 13 de setembro no Aeroporto Internacional de Guarulhos-SP.
Os três primeiros nomes são: Juliana de Souza Sé, Pedro Uzishima Júnior e Ricardo Pattená. São expressões do Paraquedismo Brasileiro que tem uma forte e significativa atuação da atividade dentro e fora do Brasil e que, por mérito, esforço e competência pessoal comprovados merecem, assim como outros que divulgaremos na sequência, receber o singelo mas honroso e sincero reconhecimento da CAB.
Como os currículos e históricos de conquistas dos três são vastos, faremos, então, apenas uma rápida apresentação deles.
Juliana de Souza Sé – Psicóloga de formação e sargento do Exército, a paraquedista profissional e coach tem cerca de 8.000 saltos e 1.000 horas de voo em túnel de vento. É seis vezes recordista mundial, três vezes sulamericana e onze vezes brasileira. Tem, na bagagem, sete títulos de Campeã Brasileira.
Pedro Uzishima Júnior – Empresário e instrutor AFF/BBF com mais de 12.300 saltos e mais de 1.500 horas de voo em túnel de vento, tem na galeria de conquistas mais de dez títulos em Campeonatos Brasileiros nas modalidades FQL-4 e FQL-8. Representou o Brasil com sucesso em mais de oito mundiais em FQL.
Ricardo Pattená – Formado em Marketing pela ESPM-São Paulo e pós-graduado em Economia de Empresas pela PUC-Campinas, é oficial da reserva do Exército e sócio da Skydive University. Foi vinte vezes Campeão Brasileiro. Iniciou no Paraquedismo em 1971, com apenas 13 anos de idade.

Forte abraço a [email protected] !

Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

CAB anuncia mais um palestrante

Olá, [email protected]!

É com enorme satisfação que a CAB anuncia mais um palestrante na rodada que irá promover durante o IBAS 2019 nos dias 11, 12 e 13 no Aeroporto Internacional de Guraulhos – SP. Dessa vez, Adilson Kindlemann, natural de Registro-SP, 46 anos, piloto de linha aérea, formado em Marketing, membro honorário da Força Aérea Brasileira-FAB, brevetado no Aeroclube do Paraná.
Ele trará como tema para debate e discussão a “Pilotagem manual e prevenção de atitudes anormais” (Manual flight and upset prevention) , assunto que há muito tempo preocupa a indústria da aviação, dentro e fora do país. Adilson tem 15.000 horas de voo, 1.200 em aviões leves e acrobáticos. Em Aeronaves Acrobáticas, estão: PT19 / CE-II / Pitts S2A / S2B / DECATHLON / EXTRA300 / SU-31/ EXTRA300S / EXTRA 300L / EXTRA 330SC / MXS-R / EDGE 540.
Na Acrobacia de Competição Nacional, Sport 1994, Intermediária 1997, Avançada 1998 – Campeão Brasileiro, Ilimitada 2001/2002/2003 – Campeão Brasileiro. Tem, ainda, Mundiais 2001 /2009 e Europeu 2008. Foi o primeiro sul-americano da Redbull Airrace – 2010. Atualmente é Comandante de Airbus 320, instrutor e examinador.
Com esse histórico, temos certeza absoluta de que será mais uma grande oportunidade para enriquecer nosso encontro.
Obrigado ao Adilson, a [email protected] e até lá !

Marina Posch Kalousdian
Presidente da CAB

Palestra Adilson

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial