Paragliding World Cup Brazil em Andradas – MG

A penultima etapa do  Paragliding World Cup Brazil encerrou nesse final de semana com 7 Provas intensas e emocionantes, triangulação com Race to Goal de 90 a 108 km foram realizadas na região de Andradas – MG na divisa com São Paulo, 120  pilotos de diversas nacionalidades competindo pelas 25 vagas para a Super Final que também será no Brasil na cidade de Castelo no Espirito Santo em março 2020. Grande destaque na competição foram os brasileiros Gilmar Couto que venceu 2 provas e Gilberto Raposo que  venceu uma prova e ficou entre os 25 classificados, o que deu o direito de ambos irem automaticamente para a Super Final, Rafael Barros na 7ª posição se classificou, Rafael Saladini atual Campeão Brasileiro em 25º, os que não se classificaram terão a oportunidade na ultima etapa na Argentina em Novembro na cidade de Tucuman.

70458272_2692039947473059_1706488410480312320_o Paragliding World Cup Brazil | Andradas – MG.

69930098_2689497447727309_7064822886652968960_n Gate na rampa.

70438700_2691836884160032_2722066563292200960_o Área de Decolagem – Pico do Gavião.

69851917_2691835550826832_6912134020436328448_o Comissão de Pilotos e Juiz Geral.

70333847_2691835570826830_4792505189561008128_n Prova do Dia | Resultados GERAL.

69584937_2689497237727330_6938869852551512064_o Área do Briefing

70119826_2691214934222227_3594860010112286720_o Entrega dos rastreadores.

CAUSOS no PWC Brazil em Andradas – MG.

Decolagem da Prova 4 na rampa Leste do Pico do Gavião, pilotos indo após o anúncio da Abertura da Janela, Dió e Neguinho ajudando os pilotos na decolagem, abertura de vela, e um fotógrafo que estava clicando e captando imagens, vendo o trabalho feito pelos dois, se presta a ajudar… Num dado momento das decolagens, ele segura a vela e não deixa o piloto decolar, Dió espantado pergunta o que está acontecendo… A resposta: Meu pivô caiu dentro da vela, aí o piloto cai na gargalhada e todos começam a dar risadas!

69593596_2699472583396462_5635353420018745344_o Janela aberta para decolagem.

71030075_2699473486729705_3626249946098827264_o Aguardando abertura do START.

IMG_7698 Chegada e fechamento de tempo no End Speed Section e cruzamento de faixa no Goal.

70311520_2693725893971131_3902627565428277248_o Cruzando a faixa do Goal.

70273281_2699474070062980_2775743071692783616_o O brasileiro Rafael Barros no Goal e se classificando para a Super Final em Castelo | Março 2020

70419671_2609993245689633_3081736659486638080_o Pódio EQUIPES, 2º com os brasileiros Rafael Barros, Caio Buzzarelo e Erico Oliveira.

70506214_2609994355689522_6733382145911291904_o FEMININO a brasileira Marcella Uchoa vence a etapa e se classifica para Super Final.

70794747_2609996312355993_742055557157879808_o OPEN  Baptiste Lambert da França vence a Etapa Brazil e o brasileiro Rafael Barros em 7º se classifica para Super Final.

 

4 Provas de 7 possíveis e Luciano Horn vence a 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente em Poços de Caldas – MG.

A cidade turistica no sul de Minas Gerais, Poços de Caldas – MG, foi sede da 2ª e ultima Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente com 120 pilotos brasileiros, estrangeiros e uma condição forte com vento, esse evento as condições meteorológicas adversas fez com que 4 provas fossem realizadas de 7 possíveis.

Brasileiro

No primeiro dia uma prova um Race to Goal de 81km com o Goal no Trevo de Alfenas, o primeiro pelotão com vários pilotos , sai para o planeio final para o End Speed Section com uma altura onde achegada ao Gaol no Trevo de Alfenas estivesse em duvida, o que ocorreu, somente alguns pilotos conseguiram cruzar a linha virtual do Goal.

Brasileiro1

Brasileiro2

69672591_2677131158963938_4459914557225172992_o
Marcella Uchoa no Feminino vence a prova 1.

Brasileiro3
O piloto suiço Joerg Ewald vence a prova do dia.

Segundo dia de prova com um Race to Goal de 79km com Goal no Pouso Oficial da cidade de Congonhal, prova onde a grande cobertura na rota não deixou com que os pilotos  chegassem no Goal… Pilotos ficando pelo percurso e o que atingiu a maior distancia foi o piloto carioca Mauricio Albuquerque.

Brasileiro5

Dia 3 amanheceu com instabilidade na região e organização fez um comunicado sobre a previsão.

Reporte Meteorológico: a frente fria está se deslocando para o mar, porém ainda influencia o tempo na região. Com as chuvas que caíram à noite, o solo está muito úmido, e a cobertura de nuvens causada pela frente fria deve impedir que o solo seque suficientemente a tempo de termos prova válida. Portanto, não haverá prova hoje. Para os próximos dias, os modelos mostram a frente se afastando totalmente para o mar, prometendo dias bons até o final do campeonato.

Brasileiro6

Mais um dia com influencia da instabilidade no 3º Dia.

A Frente Fria que se encontrava na região já está quase toda no oceano, porém ainda influencia a área de provas. Após um dia sem provas, a previsão ainda indica possibilidade de chuvas ao longo da tarde, com ventos moderados a fortes de Noroeste, com cirrus podendo impedir o aquecimento suficiente do solo, o que resultará em termais mais fracas na região nordeste da área de provas, que, contudo, é a melhor região para o voo hoje.

Base das nuvens entre 2300m e 2700m. Presença de cirrus e formação de cumulus, pequena probabilidade de super desenvolvimento.

Média de ventos:

Superfície: N 10km/h passando para SO 10km/h às 15h
1200m: NNO 17km/h passando para S 13km/h às 15h
1800m: NNO 21km/h passando para OSO 14km/h às 15h
2400m: NO 23km/h passando para NO 20 km/h às 15h
3000m: NO 30km/h passando para NO 33 km/h às 15h

Média das térmicas durante do dia de 1,5m/s iniciando as 11h, enfraquecendo após das 14h, encerrando por volta das 15:30h.

A previsão para amanhã ainda indica pequena possibilidade de chuvas, mas com melhor potencial térmico e ventos mais fracos.

Prova 4 e a comissão de pilotos define a prova e colocada no quadro, janela aberta mas uma formação atrás da rampa faz com que a organização esperasse a evolução… Prova CANCELADA.

Brasileiro8
Comissão de piloto define CANCELAR a prova do dia.

Race do Goal de 53km com Goal em Campestre na Prova 3 do Campeonato Brasileiro de Parapente em Poços de Caldas – MG… Dia 5 do evento, subida as 10:30h dos ônibus e caminhão da organização, o céu com uma nebulosidade… Chegada e precipitação passando na cara da rampa, pilotos já anunciando uma desistência para o dia… No decorrer das horas uma melhora e foi o start para ser chamado a comissão de Pilotos e Juiz Geral… Prova definida e em seguida Briefing e Janela Aberta…

69584100_2684270774916643_3259480526662139904_o Luciano Horn

70165268_2684270854916635_8162734819499835392_o Janela Aberta.

69747236_2684270674916653_5612984422887325696_o Bruno Menescal 1) Campeão Brasileiro homenageado pelos 30 anos de Campeonato Brasileiro de Parapente.

Chegada no Goal da Prova 4 no Pouso do Aleixo no 6º Dia de Prova do Campeonato Brasileiro de Parapente em Poços de Caldas – MG… Race to Goal de 53km.
Correria total com o piloto mineiro Moisés Sodré fechando o tempo no End Speed Section na 1ª posição e pousando no Goal.

69992499_2686444704699250_2603282753025736704_o Moisés Sodré.

69715618_2686444134699307_7765947826386763776_o Chegada no Goal .

69723710_2686443858032668_1461726844280635392_o Pouso na Fazenda do Aleixo.

Último Dia de Prova no Campeonato Brasileiro de Parapente em Poços de Caldas – MG. Race ro Goal de 40km e Goal na Fazenda do Aleixo.

69583131_2689848217692232_7682446249038970880_o Janela Aberta

69749519_2689850107692043_4028602190330331136_o Chegada no Goal.

69676170_2689851011025286_6459813237624930304_o Luciano Horn vence a Etapa de Poços de Caldas.

PREMIAÇÃO – Resultado GERAL.

69860518_2688172317859822_1581782196794949632_n

 

 

GEO AIS WEB (1)

Segue a primeira apresentação da CAB sobre o uso do sistema GEO AIS WEB do DECEA. Uma ferramenta importante para nos localizarmos e entender com as informações inseridas onde podemos voar para dar início à solicitação de EAC T ou P, espaço aéreo condicionado temporário ou permanente.

Jurisdição de Voo – GEOAIESWEB – visão geral (1)

SDIA – Orientação 1:

Cadastro e Navegação na Plataforma: CAB – SDIA Orientação 1

Instruções para solicitação de divulgação de Informação Aeronáutica

Recebemos hoje a informação de que o cadastro para solicitação de divulgação de Informação Aeronáutica – SDIA (antigo PRENOTAM) já está disponível no site https://sdia.decea.gov.br/ ou no portal AIS https://www.aisweb.aer.mil.br/ . As informações para preenchimento e cadastramento estão descritas em http://ajuda.decea.gov.br/artigo-categoria/sdia/ .

As Instruções do Comando da Aeronáutica (ICA) 53-4 e 100-38 e a Tabela do Comando da Aeronáutica (TCA) 53-2 seguem anexadas para referência e embasamento.

Referência: ICA 53-4, ICA 100-38, TCA 53-2

Pré-Paragliding World Cup e 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente em Governador Valadares – MG.

Foi realizado de 7 a 13 de Abril o Pré-Paragliding World Cup válida para a 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente em Governador Valadares – MG, esse evento contou com a presença do piloto americano Bill Hughes como observador da PWC onde Governador Valadares pode ser sede do Circuito na temporada 2020/2021.

O evento contou com a presença de 110 pilotos de vários estados e países no Pico do Ibituruna e o grande destaque da etapa foi o atual Campeão Brasileiro o carioca Rafael Saladini – OZONE EnZo3, sobrou equipamento, era o mais rápido nas transições e estava boiando nas térmicas, comentário nas diversas conversas entre pilotos.

Na Prova 1 do Campeonato um Race to Goal de 70.5km com área restrita de espaço aéreo e altitude. Alguns pilotos surpreendidos e desclassificados na prova do dia.

prova1.0 Comissão de Pilotos e Juiz Geral.

Prova 1.1 Prova 1.

Prova 1 Rota da Prova 1 com chegada no contra vento que estaria fraco. Briefing.

p1 Janela Aberta.

Prova1.2 Marcella Uchoa vencedora do FEMININO.

p2 Rafael Saladini vencedor da Prova 1... Acompanhe essa chegada ao GOAL de Waltinho Oliveira. Foto – Zenilson Rocha.

Segundo Dia de Prova no Pré PWC e 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente em Governador Valadares… Race to Goal de 71km.

prova 2 Pico do Ibituruna – DIA 2.

Prova 2,2 Percurso.

prova 2 .3 PROVA 2 BRIEFING. Foto – Zenilson Rocha.

Prova 2.1 Quadro da Prova… Briefing e Janela Aberta.

56669448_2420200697990320_2948834587343585280_o GOAL…

56675281_2420197124657344_7419565414113345536_o Área do pouso no Goal.

56611686_2420191587991231_5694687276521488384_o Pelotão chegando no Goal… RESULTADO GERAL.

Terceiro Dia de Prova em Governador Valadares – MG.

57021309_2421713571172366_5825387207262732288_n Chegada dos equipamentos no Dia 3.

56604987_2421714344505622_6572447930328809472_o Prova definida no Quadro e BRIEFING.

56716088_2421718081171915_1590719723090214912_o Janela Aberta… Transmissão AO VIVO.

A Comissão de Provas e a Organização estão analisando as previsões meteorológicas para o dia de hoje. Por isso vamos atrasar um pouco a publicação do Boletim Meteorológico. Numa primeira observação as informações coletadas não são boas. O núcleo principal de chuvas passou para ENE da região mas é intensa a cobertura de nuvens e ainda há previsão de chuvas. Há uma possibilidade pequena de abertura de sol porem com baixo teto de nuvens e potencial térmico para a realização de prova.

*Mantida inicialmente toda a programação quanto a subida a Ibituruna.* Veículos estarão posicionados no horário de sempre.

56619879_2422507121093011_2051491335092830208_o

Prova 4 CANCELADA.

56800763_2424037394273317_553811946642604032_n

Pico do Ibituruna entubado, com previsão de subida do teto… PROVA 5 do Pré PWC e 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente em Governador Valadares – MG.

57180190_2424965464180510_8200385409054670848_n Rampa… BriefingJanela Aberta. AO VIVO.

56800715_2424944434182613_4860135166237999104_o Chegada no GOAL.

56848013_2425580620785661_27925679790096384_o

*GOVERNADOR VALADARES*
11/04/2019 – Quinta-feira

Tempo nublado, com aberturas de sol, possibilidade de sombreamento no meio da tarde (nuvens altas na proporção de 50%), e pancadas de pequenas chuvas localizadas com possível super desenvolvimento.
Temperatura (sensação térmica) variando de 22° a 34°C.
Segundo as previsões, hoje são boas as probabilidades de voo!

*VENTO: (km/h)*
*Superfície:* NE 5, passando a E 3
*a 600m:* NE 5, passando a E 4
*a 1200m:* NNE 8, passando a NE 5
*a 1800m:* NNE 9, passando a NE 2
*a 2400m:* NNO 3, passando a SO 7

*TERMAIS:* As melhores condições de voo estarão presentes na calha do Rio Doce e nos setores E, SE e S da Ibituruna, com potência aproximada de 3m/s e enfraquecendo para 1.5m/s a partir das 16h.

*TETO:* 1200m, subindo para 1800m baixando para 1600m a partir das 16h.

*NUVENS:* Formação de cúmulos termais com chance de precipitação sob alguns deles, com possível superdesenvolvimento.

Por: Dió Filho _(as 7:00h)_
_*Compilação de informações_
XcSkies, Meteoblue, Cptec, WindGuru

56691518_2426240117386378_4172079270820052992_o BRIEFING ao vivo, JANELA ABERTA ao vivo e GOAL fotos do pouso da Prova 6.

Ultimo DIA de Prova do Pré PWC e Campeonato Brasileiro de Parapente.

56806646_2427305213946535_4794472267402706944_n Prova do DIA.

56883509_2427305317279858_5148614375614971904_o Briefing e Janela Aberta.

56981680_2427833277227062_8778205299463946240_n GOAL. Transmissão AO VIVO.

open OPEN.

feminino FEMININO.

serial SERIAL.

 

3º Campeonato Panamericano de Parapente em Baixo Guandu no estado do Espirito Santo – Brasil.

Inscrição feita e cerimonia de abertura realizada na Praça São Pedro, 21 países inscritos com 119 pilotos, sendo que 35 brasileiros… O PanAmericano em Baixo Guandu, começa com a subida dos equipamentos e pilotos para a rampa de Monjolo, comissão reunida, é definida um Race To Goal de aproximadamente 78km, numa condição com pouco vento… Janela aberta e as decolagens sendo realizada sem nenhum problema, em 30 minutos praticamente todos estavam no ar se posicionando para abertura do START… Subida pelo lado direito da rampa com uma térmica residente entre as cordilheiras… Prova com muitas variáveis onde a liderança e pelotões eram trocados a cada transição… O ultimo pilão que realmente definiu e fez com que cada piloto utilizasse sua estratégias, alguns utilizando rotas previsíveis que não funcionou, o pelotão atropelou por cima e outros separando do mesmo e finalizando a prova em destaque.

28378699_609257806077063_7677320480816126967_n Cerimonia de abertura

29694612_609258046077039_2693396034051026226_n Rastreador, mapa e identificação.

30226423_611369869199190_5729478903915872256_n Area do QG.

26229729_1897222083621520_7289050296461865883_n Rampa do Monjolo.

29694834_1899285746748487_2471793496402275892_n Rafael Saladini, Jarbas Mello, Marcelo Prieto. Richard Pethigal e Nick Greece

b1.2 Comissão de prova.

b1.3 Placa de Prova.

29683784_1900599743283754_7530154581796744606_n Prova do dia.

29694487_1899286110081784_3158393527198845761_n Rampa.

29572897_1899285793415149_254712838065581499_n Briefing.

29694731_1899285923415136_2823204941040168437_n Prova do Dia.

decolagem3.4-1024x600 Janela aberta.

decolagem-3.7-1024x574 Deonir Spancerski. piloto da equipe brasileira.

29595552_1899286023415126_9154524625929246700_n Decolagem.

29573142_1899286090081786_6367911065693513525_n Termica na cara da rampa.

Segundo dia de prova com um race to goal de 63km… condição diferente do dia anterior com o vento norte nordeste, com predominância lateral, com entrada de frente, apesar disso decolagem com todos os pilotos no ar sem muito stress… Apesar que entre as decolagens finais um incidente fez com que a organização mudasse as atenção, mas continuando as decolagens sem nenhum problema… Posicionamento para abertura do START e o piloto do sul retorna a rampa para pouso esse não conseguiu e foi para o foothill pousando em segurança apesar de um set de suas linhas estarem com nó… Prova em andamento e é acionado o helicóptero para o salvamento do piloto que havia sofrido o acidente entre uma das cordilheiras, acesso difícil por via terrestre… No radio a prova ia se alternando na liderança e pelotão… Piloto resgatado pela equipe de salvamento, mas infelizmente o impacto sofrido na cordilheira de pedras fez com que suas fraturas multiplas levassem ao óbito… Meus sentimentos aos familiares e a comunidade brasileira… Ultima perna indo para o pilão no contra vento… Essa perna foi o diferencial para os que arriscaram e fizeram uma melhor rota e linha… Parabéns ao sul mineiro Leandro Padua que matou a prova do dia.

21768091_1899285983415130_7279616178357860206_n Fila de decolagem.

29595326_1897222280288167_2600867509178388345_n Checagem de equipamento.

29790735_1899286076748454_8527203777387011831_n Rampa.

29573341_1898155443528184_5105754654681278224_n Transição, START aberto.

29789950_1900599793283749_5863563734805410100_n Posicionando para a prova.

Após o DAY OFF devido o acidente do dia anterior o evento retorna a competição, uma homenagem na rampa do Monjolo, organizado pelo piloto piloto Richard Pethigal é realizado, uma enorme roda é feita pelos pilotos para realização da cerimonia. Um momento de silencio entre a comunidade… Comissão de piloto é reunida, com um sombreamento parcial na região, um Race to Goal de 44.8km é montada… Uma prova que se tornou uma correria porque a meteorologia local mudou e o sol apareceu… Mudando toda perspectiva… Posicionamento na abertura do START, térmicas e linhas de transição eram disputada a todo instante, o FULL SPEED praticamente… Transição final entre EnZo’s e um Boomerang11 que veio por trás avançando até o END SPEED SECTION… No geral deu o venezuelano Daniel Zaragoza de OZONE EnZo3, vence a prova do dia seguido do argentino Michel Guillemot  GIN Boomerang11, os brasileiros chegam em seguida Leonardo ” Leozinho” Machado de Governador Valadares e Mauro “Tytto” Caberlon do Rio Grande do Sul ambos de OZONE EnZo3.

30124136_1900599719950423_8946920922395608347_n Homenagem ao piloto Alessandro Heringer.

29598041_1900599883283740_8565242169991706824_n Goal.

p1-1024x621 Chegada.

P7-1024x592 Vencedor do dia.

2 dias com provas CANCELADAS devido as condições meteorológicas “CHUVA”… Apesar de céu encoberto e teto baixo a organização levou os pilotos para a rampa e prova montada, todos aguardando a abertura da janela e uma melhora nas condições… Race to Goal de 40km aproximadamente… Correria total fazendo com que um erro seria prejudicial na tabela, já que haveria descarte… Pilotos entrando na nuvem e sendo desclassificados, o lider cai nesse protesto e brasileiros ficam nas 2 primeiras posiçøes no geral.

RESULTADOS no site da organização.

Individual Leandro Padua – Vice Campeão, Jeison Zeferino Campeão e Michel Guillemont em terceiro.

geral Podio GERAL.

Equipe Brasil Vice Campeã, Colombia Campeã e Venezuela em terceiro.

 

Aerodesporto definindo profissões

Samuel de Oliveira Nascimento Filho, o Samukinha, tem 18 anos, filho de Samuel Nascimento, (Campeão Brasileiro de Parapente (2010), com 3 recordes mundiais, sendo o atual recordista mundial de Parapente em um voo de 564 km em 11:45h no sertão Brasileiro, herdou do pai a paixão pelo aerodesporto. Por meio do esporte veio outra certeza, a de trabalhar na aviação.
Com força e determinação Samuka concluiu o curso de Técnico em Eletrônica na Escola Técnica de Eletrônica “Franco Moreira da Costa” (ETE – FMC), na cidade de Santa Rita do Sapucaí. “Antes de me formar, em dezembro de 2017, fui com meu pai no 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro realizado pela Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), no dia conheci o drº Ozires Silva, e tive uma certeza: quero trabalhar na Embraer”.
Para conseguir entrar em um das maiores companhias de jatos comerciais do mundo, mais estudo e dedicação para ser aprovado no processo seletivo. Hoje Samukinha, como é carinhosamente chamado pelos colegas, é um dos mais novos estagiários da Embraer na unidade de Gavião Peixoto, interior de São Paulo.
No início da semana, em visita a CAB, Samuel acompanhou a presidente Marina Kalousdian, em uma visita ao fundador da Embraer, Ozires Silva. “Convidei o Samuel Filho porque achei que é uma forma de incentivar, apesar de ter conhecido o Drº Ozires no nosso evento, quando o pai dele foi homenageado pela CAB, essa foi uma oportunidade única de escutar da maior autoridade da aviação do país, o que essa área pode oferecer e o que a Embraer representa para o Brasil. Percebemos que mais uma vez o aerodesporto desperta na juventude o amor pela aviação, fazendo com que os filhos dos nossos atletas definam suas profissões com certeza, com paixão”, avalia a presidente da CAB.
“Quando comecei a voar de Parapente, em 2003, o Samukinha tinha 4 anos. Naquela época eu ia para o morrote na Brasília do avô João Amâncio e levava ele junto. Acredito isso marcou muito, despertando a admiração pelo voo. Agora com 18 anos e voando desde os 13, possui uma experiência comparada a pilotos de parapente mais velhos com muitos anos de voo, este conhecimento contribuiu para dar um grande passo em sua carreira profissional, podendo assim realizar o sonho em contribuir com uma das maiores empresas do mundo, a Embraer, no desenvolvimento dos melhores jatos comerciais atuantes no mercado. Como pai, apoio totalmente essa opção e desejo muita sorte nesta empreitada como um futuro Engenheiro Aeronáutico, piloto de testes ou o que a vida lhe reservar de melhor”, garante o pai Samuel Nascimento que no início do mês representou Brasil na Superfinal da Copa do Mundo de Parapente (Paragliding Worldcup), realizada na cidade Roldanillo, na Colômbia.

67631512-467f-42c7-8e8e-f26a116b48db

26685514_1101857449954299_2487513287907863034_o

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial