Há novo recorde no ar !!!!

Olá, [email protected] da CAB !

Há novo recorde no ar !!!!

Mais uma vez, com orgulho enorme, outra notícia excelente para o Aerodesporto, de forma geral, e para o Voo Livre -Parapente e Asa Delta- de modo específico: 582 km é o novo Recorde Mundial de Distância com Parapente estabelecido no último dia 10 de outubro no Sertão do Nordeste Brasileiro com os pilotos Marcelo Prieto, Rafael Barros e Rafael Saladini.

A decolagem nesse dia foi às 6h30, como lembra Rafael Barros. “Saímos de Tacima, na Paraíba, e pousamos em Crateús, no Ceará. Uma aventura inesquecível para todos nós. Ganhamos o céu com o nascer do sol e nos despedimos dele com o poente. No total, 11 horas memoráveis de voo, visões belíssimas, um aprendizado inesquecível para toda a equipe e, claro, uma conquista que nos enche de muito orgulho”.

O nordeste brasileiro, portanto, mais uma vez foi o cenário de conquistas históricas e memoráveis. Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará foram alguns dos Estados em que atletas brasileiros e estrangeiros participaram da maratona para estabelecer metas e cumprir desafios. Entre os atletas de fora, havia franceses, portugueses, poloneses e suíços.

“A agenda compreende de 20 a 30 dias no Sertão porque nunca é possível saber o dia que vai reunir as condições mais favoráveis em termos de tempo, temperatura, vento, etc. Nossa rotina aqui era sempre assim: a partir das 4 da madrugada começava a movimentação para as decolagens. E todo o esforço valeu a pena porque conseguimos bater um recorde que já era nosso. Claro, estamos todos, muito felizes !”, disse Nani, uma das integrantes da equipe responsável por essa façanha.

Portanto, [email protected], a toda a equipe dona desse feito extraordinário para o Aerodesporto o mais sincero e alegre parabéns da CAB !

Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

WhatsApp Image 2019-10-13 at 12.55.33 (1) WhatsApp Image 2019-10-13 at 12.55.33 (2) WhatsApp Image 2019-10-13 at 12.55.33 (3) WhatsApp Image 2019-10-13 at 12.55.33

CAB anuncia mais outro palestrante

[email protected] da CAB, saudações a [email protected] !

A mais nova palestra que acabamos de confirmar durante o IBAS 2019 nos dias 11, 12 e 13 de setembro, lá no Aeroporto Internacional de Guarulhos-SP, será com Markus Kalousdian.

Ele irá abordar o tema “Como cativar, atrair e envolver jovens para ajudar no desenvolvimento do Aerodesporto”. Com certeza essa temática é muito pertinente já que precisamos manter acesa essa chama capaz de dar continuidade às nossas atividades, propostas, conquistas e sonhos comuns. Markus usará a experiência que tem acumulado ao longo dos últimos dois anos durante a convivência com a juventude que participa dos acampamentos que ele organiza sobre balonismo.

Markus Kalousdian é engenheiro mecânico formado pela Escola Politécnica da USP, piloto de balão de ar quente, instrutor e representante do Brasil na divisão de balonismo na Federação Aeronaútica Internacional – FAI. Markus já participou de vários campeonatos, sendo vice-campeão brasileiro em 2017 e melhor piloto brasileiro classificado no último Campeonato Mundial de Balonismo, em 2016, na cidade de Saga, no Japão e este ano de 2019 se classificou em 3º no 32º Campeonato Brasileiro de Balonismo, dividindo o pódio com o seu pai que ficou em 1º lugar.

Portanto, acredito que a ideia vem para somar e, juntamente com os demais palestrantes, dará um suporte bem bacana para as nossas reflexões e discussões acerca do futuro.

Meu cordial abraço, [email protected] !
Marina Posch Kalousdian – presidente da CAB

Banner Palestras

Palestra Markus

 

GEO AIS WEB (1)

Segue a primeira apresentação da CAB sobre o uso do sistema GEO AIS WEB do DECEA. Uma ferramenta importante para nos localizarmos e entender com as informações inseridas onde podemos voar para dar início à solicitação de EAC T ou P, espaço aéreo condicionado temporário ou permanente.

Jurisdição de Voo – GEOAIESWEB – visão geral (1)

Instruções para solicitação de divulgação de Informação Aeronáutica

Recebemos hoje a informação de que o cadastro para solicitação de divulgação de Informação Aeronáutica – SDIA (antigo PRENOTAM) já está disponível no site https://sdia.decea.gov.br/ ou no portal AIS https://www.aisweb.aer.mil.br/ . As informações para preenchimento e cadastramento estão descritas em http://ajuda.decea.gov.br/artigo-categoria/sdia/ .

As Instruções do Comando da Aeronáutica (ICA) 53-4 e 100-38 e a Tabela do Comando da Aeronáutica (TCA) 53-2 seguem anexadas para referência e embasamento.

Referência: ICA 53-4, ICA 100-38, TCA 53-2

Paramotor – Saiba mais sobre o Esporte

Voe de Paramotor com a jornalista Daiane Fardin do programa de TV Estúdio C de Curitiba/PR. Saiba mais sobre o esporte, a segurança dos voos e a experiência dos pilotos Alan Danilo Braga, Joelso João Gans, Flávio Espíndola e Valdemiro Pakewsky. Daiane também conversou com César Medeiros, paranaense, piloto de Paratrike desde 2008, primeiro piloto cadeirante na modalidade no Brasil, Campeão Brasileiro de Paratrike Solo, Ranking Abul 2017, classificado para o Campeonato Mundial de Paramotor, competição disputada na Tailândia ano passado. César Medeiros fez parte do TIME VOA BRASIL 2018. Confira a reportagem completa no link https://globoplay.globo.com/v/7349944/

Novo PRESIDENTE da FAI

Caros membros da CAB e Aerodesportistas,

A FAI tem um novo presidente:
Robert Henderson da Nova Zelândia foi eleito com um mandato de 4 anos na Conferência Geral da FAI em Luxor, Egito, no último final de semana.

A última pessoa de fora da Europa a atuar como presidente da FAI foi Clifton F von Cann, dos EUA, que foi presidente de 1988 a 1990.

Sobre Robert Henderson

O Sr. Henderson tem experiência como oficial militar sênior, piloto e instrutor e, posteriormente, Gerente de Treinamento da frota Airbus A320 na Air New Zealand. Ele foi nomeado membro da Ordem da Nova Zelândia por seus serviços na aviação esportiva e é piloto de planadores em seu tempo de lazer.

45108061_1325581267581915_6004447709547724800_n

“Ser eleito pela comunidade mundial de esportes aéreos como seu presidente é uma grande honra e uma experiência de humildade”, disse ele.

“Estamos enfrentando uma série de desafios como uma Federação Internacional de Esportes, e não menos importante é encontrar fontes adicionais de financiamento.

“Estou ansioso para enfrentar esses desafios nos próximos dois anos, especialmente.

“Haverá muito trabalho árduo para levar a organização adiante, mas temos uma excelente equipe no Conselho Executivo e uma equipe excelente trabalhando para nós em Lausanne e estou confiante de que, com a ajuda deles, podemos fazer a diferença. “

Planos de curto prazo do Sr. Henderson

Henderson definiu algumas metas-chave como parte de seu plano para os próximos três meses, incluindo a garantia de que os Jogos Mundiais Aéreos, na Turquia, planejados para 2020, sejam bem organizados e administrados com eficiência.

“Este é um tremendo empreendimento e envolve centenas de pessoas, a grande maioria das quais são voluntários”, disse ele.

“Devemos à THK, a organizadora turca e aos nossos membros e esportistas, focar de perto neste evento para garantir seu sucesso.”

O presidente Henderson mora na Nova Zelândia, o que significa que será relativamente fácil para ele trabalhar com os membros da FAI na Ásia, onde ele observa que vários países têm grande potencial de crescimento no campo de esportes aéreos.

Para negócios de rotina com a sede da FAI em Lausanne, na Suíça, ele pretende usar a videoconferência sempre que possível.

“O Zoom é uma ferramenta de conferência maravilhosa e estaremos aproveitando ao máximo essa capacidade para reduzir o tempo de viagem e os custos de viagem”, disse Henderson.

“Também quero acelerar o trabalho em nosso projeto estratégico, ONE FAI, para realizar com urgência o recurso de mão-de-obra, a tomada de decisões e a economia potencial de custos.”

Turquia será sede da FAI World Air Games 2020.

Na sede da FAI em Lausane na Suiça foi assinado o contrato para realização do World Air Games 2020 que terá como país sede a Turquia… Todos os esportes estarão divididos em várias cidades entre elas: Ankara, Antalya, Eskisehir, Efes – Selcuk, Ölüdeniz – Fethiye e Pammukale – Honaz.

b1beb77f-ee23-48eb-bb17-6ce6b7ac5f22 Membro FAI – Turquia, Kursat Atilgan e Frits Brink, Presidente da FAI.

CAB suspende temporariamente a obrigatoriedade de emissão das licenças FAI para eventos esportivos Categoria 2.

A Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), entidade nacional de representação e administração do desporto de todas as modalidades aerodesportivas, resolve, fundamentada no artigo 3º, incisos VI e VIII e artigo 37, inciso XXVI de seu Estatuto e dando cumprimento ao teor do artigo 57º, suspender até o próximo dia 31 de dezembro deste ano a obrigatoriedade da emissão de licenças FAI (Fédération Aéronautique Internationale) para eventos da Categoria 2.

A Categoria 2 compreende os eventos internacionais organizados por ou autorizados pela NAC do Brasil (National Air Sport Control do Brasil) que se trata da própria CAB. Estão entre os eventos Categoria 2, assinados pela Confederação Brasileira de Voo Livre (CBVL) a Copa Rio de Janeiro de Parapente – Etapa 1 que será realizado em Saquarema, Copa Rio de Janeiro de Parapente – Etapa 2 que será realizado em Porciúncula/RJ, ambos organizados pela Federação de Voo Livre do Rio de Janeiro; Campeonato Brasileiro de Parapente – Etapa 1 que será realizado em Formosa/GO, organizado pela Associação de Voo Livre de Brasília; Campeonato Brasileiro de Parapente – Etapa 2 que será realizado em Igrejinha/RS pelo Clube Serra Grande de Voo Livre; Campeonato Brasileiro de Asa Delta – Etapa 1 que será realizado em Governador Valadares/MG pela Associação de Voo Livre de Ibituruna, Campeonato Brasileiro de Asa Delta – Etapa 2, que será realizado em Brasília/DF organizado por Ricardo Ortega de Sousa; Campeonato Brasileiro de Asa Delta – Etapa 3, que será realizado em Andradas/MG por Ronaldo Visnardi e o Paragliding World Cup Brazil, que será realizado em Castelo/ES por Frank Brown.

De acordo com a presidente da CAB, Marina Kalousdian, pelas regras da FAI os participantes são obrigados a ter a licença, no entanto em outros países ela não é exigida. “O próprio presidente da Comissão Internacional de Voo Livre não exige essa licença para outros países, por isso fizemos uma consulta à FAI e a resposta foi que essa atribuição é do organizador e do NAC. Diante disso colocamos em votação a supressão de receita para emissão de licenças esportivas FAI para a categoria 2 de eventos. Das 7 entidades, somente 6 tiveram direito a voto já que uma entidade está inadimplente e, portanto não vota, tivemos 4 votos a favor da suspensão provisória do pagamento da licença, um voto contrário e uma abstenção”, explica a presidente da CAB lembrando que hoje o valor da licença é de R$ 270,00 pagos pelos atletas.

A obrigatoriedade da licença permanece para os eventos Categoria 1, como o Panamericano de Voo Livre no Brasil, para eventos em outros países e para os recordes.
A CAB também colocará em pauta na Assembleia Geral, marcada para o próximo mês de março, a revisão dos valores praticados pela entidade para a emissão da Licença Esportiva FAI.

Inscrições para o Concurso FAI de Jovens Artistas

Inscrições para o Concurso FAI de Jovens Artistas 2018 podem ser feitas na CAB.

A Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB) comunica que as inscrições para o Concurso FAI de Jovens Artistas 2018, cujo tema é “Voando no Futuro” podem ser feitas até o dia 28 de fevereiro, com entrega das obras, na rua Ciridião Durval, nº 139, na Vila Paulista, em São Paulo.

O Concurso é por categorias sendo que no Grupo I – Categoria Júnior podem se inscrever crianças nascidas entre 1º de janeiro de 2008 e 31 de dezembro de 2011; no Grupo II – Categoria Intermediária a faixa etária é de 1º de janeiro de 2004 e 31 de dezembro de 2007 e no Grupo III – Categoria Sênior podem se inscrever quem nasceu entre 1º de Janeiro de 2000 e 31 de Dezembro de 2003. Podem participar crianças que a família esteja relacionada a oficiais, staff ou funcionários da FAI ou de qualquer uma de suas organizações membros.

Todas as obras devem ser feitas à mão. Aquarela, acrílico, pintura a óleo, marcadores indeléveis, caneta de feltro, canetas de bola, tinta indelével, crayola, ou qualquer meio indelével similar são mídias permitidas. O formato permitido no Brasil é o A3 e a arte não deve ser enquadrada ou delineada com bordas. Não serão aceitos a utilização de lápis, carvão ou outro meio não permanente; nenhum artefato gerado por computador e nenhum trabalho de colagem envolvendo o uso de fotocópias.

No Brasil o júri será formado pelos presidentes de entidades: ABUL -Gustavo Albrecht – Ultraleves e Paramotores; ACRO – Jorge Rodrigues – Acrobacia Aérea; CBB – Valdemir Taveira – Balonismo; FBVV – Valéria Caselato – Voo a Vela – Planadores; CBVL – Francisco Santos – Parapente e Asa Delta e CBPq – Raimundo Pereira Neto – Paraquedismo. A decisão dos jurados será divulgada no dia 7 de março e até o dia 14 de março as obras selecionadas serão encaminhadas para a Federação Aeronáutica Internacional (FAI).

Os vencedores de cada faixa etária receberão medalhas de campeão, vice-campeão e terceiro lugar, juntamente com diplomas. Essas medalhas e diplomas serão enviados às residências após a conclusão do julgamento no Brasil.
A FAI é um órgão internacional que governa e regulariza os esportes aéreos no mundo. É ela quem homologa todos os campeonatos mundiais e recordes de desportos aéreos e astronáutica. O objetivo principal é o desenvolvimento dos desportos aéreos em todo o mundo. As suas áreas de competência abrangem múltiplas atividades: balonismo, voo a vela, paraquedismo, acrobacia aérea, asa delta e parapente, ultraleves e paramotores, aeromodelismo, aeronaves leves, voo de helicóptero e registros de recordes espaciais. No Brasil ela é representada pela Comissão do Aerodesporto Brasileira (CAB).

Aerodesporto definindo profissões

Samuel de Oliveira Nascimento Filho, o Samukinha, tem 18 anos, filho de Samuel Nascimento, (Campeão Brasileiro de Parapente (2010), com 3 recordes mundiais, sendo o atual recordista mundial de Parapente em um voo de 564 km em 11:45h no sertão Brasileiro, herdou do pai a paixão pelo aerodesporto. Por meio do esporte veio outra certeza, a de trabalhar na aviação.
Com força e determinação Samuka concluiu o curso de Técnico em Eletrônica na Escola Técnica de Eletrônica “Franco Moreira da Costa” (ETE – FMC), na cidade de Santa Rita do Sapucaí. “Antes de me formar, em dezembro de 2017, fui com meu pai no 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro realizado pela Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), no dia conheci o drº Ozires Silva, e tive uma certeza: quero trabalhar na Embraer”.
Para conseguir entrar em um das maiores companhias de jatos comerciais do mundo, mais estudo e dedicação para ser aprovado no processo seletivo. Hoje Samukinha, como é carinhosamente chamado pelos colegas, é um dos mais novos estagiários da Embraer na unidade de Gavião Peixoto, interior de São Paulo.
No início da semana, em visita a CAB, Samuel acompanhou a presidente Marina Kalousdian, em uma visita ao fundador da Embraer, Ozires Silva. “Convidei o Samuel Filho porque achei que é uma forma de incentivar, apesar de ter conhecido o Drº Ozires no nosso evento, quando o pai dele foi homenageado pela CAB, essa foi uma oportunidade única de escutar da maior autoridade da aviação do país, o que essa área pode oferecer e o que a Embraer representa para o Brasil. Percebemos que mais uma vez o aerodesporto desperta na juventude o amor pela aviação, fazendo com que os filhos dos nossos atletas definam suas profissões com certeza, com paixão”, avalia a presidente da CAB.
“Quando comecei a voar de Parapente, em 2003, o Samukinha tinha 4 anos. Naquela época eu ia para o morrote na Brasília do avô João Amâncio e levava ele junto. Acredito isso marcou muito, despertando a admiração pelo voo. Agora com 18 anos e voando desde os 13, possui uma experiência comparada a pilotos de parapente mais velhos com muitos anos de voo, este conhecimento contribuiu para dar um grande passo em sua carreira profissional, podendo assim realizar o sonho em contribuir com uma das maiores empresas do mundo, a Embraer, no desenvolvimento dos melhores jatos comerciais atuantes no mercado. Como pai, apoio totalmente essa opção e desejo muita sorte nesta empreitada como um futuro Engenheiro Aeronáutico, piloto de testes ou o que a vida lhe reservar de melhor”, garante o pai Samuel Nascimento que no início do mês representou Brasil na Superfinal da Copa do Mundo de Parapente (Paragliding Worldcup), realizada na cidade Roldanillo, na Colômbia.

67631512-467f-42c7-8e8e-f26a116b48db

26685514_1101857449954299_2487513287907863034_o

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial