Aerodesporto definindo profissões

Samuel de Oliveira Nascimento Filho, o Samukinha, tem 18 anos, filho de Samuel Nascimento, (Campeão Brasileiro de Parapente (2010), com 3 recordes mundiais, sendo o atual recordista mundial de Parapente em um voo de 564 km em 11:45h no sertão Brasileiro, herdou do pai a paixão pelo aerodesporto. Por meio do esporte veio outra certeza, a de trabalhar na aviação.
Com força e determinação Samuka concluiu o curso de Técnico em Eletrônica na Escola Técnica de Eletrônica “Franco Moreira da Costa” (ETE – FMC), na cidade de Santa Rita do Sapucaí. “Antes de me formar, em dezembro de 2017, fui com meu pai no 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro realizado pela Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), no dia conheci o drº Ozires Silva, e tive uma certeza: quero trabalhar na Embraer”.
Para conseguir entrar em um das maiores companhias de jatos comerciais do mundo, mais estudo e dedicação para ser aprovado no processo seletivo. Hoje Samukinha, como é carinhosamente chamado pelos colegas, é um dos mais novos estagiários da Embraer na unidade de Gavião Peixoto, interior de São Paulo.
No início da semana, em visita a CAB, Samuel acompanhou a presidente Marina Kalousdian, em uma visita ao fundador da Embraer, Ozires Silva. “Convidei o Samuel Filho porque achei que é uma forma de incentivar, apesar de ter conhecido o Drº Ozires no nosso evento, quando o pai dele foi homenageado pela CAB, essa foi uma oportunidade única de escutar da maior autoridade da aviação do país, o que essa área pode oferecer e o que a Embraer representa para o Brasil. Percebemos que mais uma vez o aerodesporto desperta na juventude o amor pela aviação, fazendo com que os filhos dos nossos atletas definam suas profissões com certeza, com paixão”, avalia a presidente da CAB.
“Quando comecei a voar de Parapente, em 2003, o Samukinha tinha 4 anos. Naquela época eu ia para o morrote na Brasília do avô João Amâncio e levava ele junto. Acredito isso marcou muito, despertando a admiração pelo voo. Agora com 18 anos e voando desde os 13, possui uma experiência comparada a pilotos de parapente mais velhos com muitos anos de voo, este conhecimento contribuiu para dar um grande passo em sua carreira profissional, podendo assim realizar o sonho em contribuir com uma das maiores empresas do mundo, a Embraer, no desenvolvimento dos melhores jatos comerciais atuantes no mercado. Como pai, apoio totalmente essa opção e desejo muita sorte nesta empreitada como um futuro Engenheiro Aeronáutico, piloto de testes ou o que a vida lhe reservar de melhor”, garante o pai Samuel Nascimento que no início do mês representou Brasil na Superfinal da Copa do Mundo de Parapente (Paragliding Worldcup), realizada na cidade Roldanillo, na Colômbia.

67631512-467f-42c7-8e8e-f26a116b48db

26685514_1101857449954299_2487513287907863034_o

1º JANTAR dos Campeões da CAB.

Durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro, realizado no último dia 22, no Clube Atlético Indiano, em São Paulo, o piloto Márcio Aita Júnior, santista, pentacampeão brasileiro de Paramotor, um dos classificados para o 10º FAI World Paramotor Championship, que será disputado na Tailândia no ano que vem, juntamente com Elisa Eisenlohr, do Rio de Janeiro, jornalista e atleta do Parapente, que conquistou recentemente, no feminino, o título do ano no Campeonato Brasileiro de Parapente 2017, foram os escolhidos pela CAB para segurar a bandeira do Brasil durante a execução do Hino Nacional e a bandeira da CAB durante a execução do Hino do Aviador.

cab

cab1

CAB reúne os maiores nomes do Aerodesporto Brasileiro

Campões do paraquedismo, balonismo, parapente, asa-delta, ultraleve, aeromodelo, paramotor, planador e da acrobacia, foram homenageados nesta quarta-feira (22), durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro, realizado pela Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), entidade nacional de representação e administração do desporto de todas as modalidades aerodesportivas reconhecidas pela Fédération Aéronautique Internationale (FAI).
O evento, realizado no Clube Atlético Indiano, na capital paulista, também recebeu autoridades civis e militares, além de personalidades como do ex-ministro Ozires Silva, fundador da Embraer que recebeu o título de Padrinho do Aerodesporto no Brasil; Walter Nutini, 87 anos, aeromodelista, um dos pioneiros do Aeromodelismo no Brasil e ex-presidente da Associação Brasileira de Aeromodelismo (ABA), fundada em 1959, hoje Confederação Brasileira de Aeromodelismo (COBRA) e Paulo Villares, aviador, piloto de planador e jatos, representante da família Santos Dumont.
Os atletas homenageados foram os que se destacaram ao longo de suas carreiras e que estão classificados para representar o Brasil em competições internacionais no próximo ano, formando o Time Voa Brasil 2018.
A presidente da CAB, Marina Posch Kalousdian, abriu as homenagens dizendo que a missão da Comissão é apoiar o Time Voa Brasil 2018 e divulgar o aerodesporto para que as equipes consigam apoio de patrocinadores. “Vamos decolar juntos nessa missão. O nosso objetivo é homenagear os atletas que se destacaram como campeões ao longo de suas carreiras e que representam o nosso país. Nossa ideia é que esse primeiro Jantar dos Campeões da CAB seja um marco para futuras edições”. Queremos apoiar todos os atletas elegíveis para os mundiais do próximo ano. São competições internacionais e todas as modalidades precisam de apoio. ”, explica Marina Posch Kalousdian, balonista e presidente da CAB.
A presidente da CAB ressaltou, ainda, que divulgação das conquistas poderá em um futuro próximo, permitir arrecadação de fundos para ajudar financeiramente as equipes brasileiras “No aerodesporto, diferentemente de outros esportes, o patrocínio é muito tímido, fazendo com que a maioria dos pilotos arque com os custos”.

Homenagens especiais – Durante o jantar também foram homenageados o engenheiro Ozires Silva, fundador da Embraer que recebeu o título de padrinho do aerodesporto no Brasil. Walter Nutini, 87 anos, aeromodelista, um dos pioneiros do Aeromodelismo no Brasil e ex-presidente da Associação Brasileira de Aeromodelismo (ABA), fundada em 1959, hoje Confederação Brasileira de Aeromodelismo (COBRA) e Paulo Villares, aviador, piloto de planador e jatos, convidado de honra e que representou a família Santos Dumont.

Time Voa Brasil 2018 – O Brasil já está confirmado no 23º FAI World Hot Air Balloon Championship (Áustria); no 4º FAI Junior World Hot Air Balloon Championship (Polônia); no 10º FAI World Paramotor Championship (Tailândia); no 35º FAI World Gliding Championship Ostrow Wielkopolski – Voo a Vela – Classes Club, Standard e 15 metros – IGC/FAI (Polônia); no 35º FAI World Gliding Championship – Voo a Vela – Classes 18 metros, 20 metros Multi-Seat e Open – IGC/FAI (República Tcheca), no 13º FAI World Advanced Aerobatic Championship (Romênia), no 35º FAI World Freefall Style and Accuracy Landing Championship (Bulgária), 9º FAI Junior World Freefall Style and Accuracy Landing (Bulgária), 2º FAI World Wingsuit Flying Championship (República Tcheca), 23º FAI World Formation Skydiving Championship (Austrália), 12º FAI World Artistic Events Championship (Austrália), 2º FAI World Speed Skydiving Championship (Austrália), 18º FAI World Canopy Formation Championship (Austrália) e 3º FAI World Cup of Indoor Skydiving Championship (Bahrain).

A Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), homenageou dois atletas da Acrobacia Aérea: Márcio de Souza Oliveira, paulista, Campeão Brasileiro Classe Ilimitada de 2017; Campeão Brasileiro de Acrobacia Aérea, sendo medalhista de ouro em todas as provas nacionais, já participou de dois Mundiais, na África do Sul nas categorias ilimitada e na intermediária. Já pela categoria avançada participou do Mundial da Polônia. Um dos poucos pilotos que já participou de três mundiais, em três diferentes categorias durante três anos consecutivos em três diferentes equipamentos. O próximo desafio é o Brasileiro de 2018 e o 13º FAI World Advanced Aerobatic Championship, que será realizado em Strejnic – Romênia de 16 a 26 de Agosto de 2018; Gunar Halboth, Bicampeão Brasileiro da Classe Avançada de 2000 e 2002, Campeão Geral na categoria Ilimitada de 2005, nove vezes recordista mundial de velocidade da FAI, sendo o primeiro brasileiro em aeronaves motorizadas após Santos Dumont. Os diplomas foram entregues aos pilotos pelo vice-presidente da Associação Brasileira de Acrobacia Aérea (ACRO), filiada da CAB, por Murilo Rovina.

cab6 Paulo Villares, Ozires Silva e Walter Nutini.

Durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro 2017, o ex-ministro Ozires Silva, oficial da Aeronáutica e engenheiro formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), que se destacou por sua contribuição no desenvolvimento da indústria aeronáutica brasileira, fundador da Embraer, uma das maiores empresas aeroespaciais do mundo, recebeu da Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), o título de “Padrinho do Aerodesporto no Brasil”.
“Por conta de sua coragem e determinação de seguir o seu sonho na aviação construindo para o Brasil a maior indústria aeronáutica, que fomenta a educação e desenvolvimento tecnológico do País, e isso deve servir de inspiração aos atletas, de jamais desistirem, de se unirem, lutarem, irem atras de seus sonhos, concedemos ao atual reitor da Unimonte, Drº Ozires Silva, mais uma homenagem congratulando o seu exemplo.”, ressaltou a presidente da CAB, Marina Posch Kalousdian.
O Campeão Brasileiro de Parapente de 2017 e Recordista Mundial de voo em distância com Parapente, que foi de 564,30km, atleta Rafael Saladini, entregou o título ao Padrinho do Aerodeposto Brasileiro.

cab8

Paulo Villares, representante da família Santos Dumont, foi outra personalidade do aerodesporto que a CAB homenageou no 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro 2017. O piloto começou a voar com o pai em 1947, com apenas 11 anos. Com 17 anos já fazia parte do Aero Clube de São Paulo, quando também tirou sua Licença de Piloto Privado. Em 1955, já estava no Clube Politécnico de Planadores, onde permaneceu até 1962, exercendo as funções de piloto rebocador, instrutor de voo a vela, chegando a presidência. Já os brevês começaram com o de Piloto Privado, passando a Piloto de Planador, Piloto Comercial, Multi Motores, EMB 121, Citation II e Commercial Pilot – USA.
Gúnar Armin Halboth, atleta nove vezes recordista mundial de velocidade da FAI, sendo o primeiro brasileiro em aeronaves motorizadas após Santos Dumont, duas vezes Campeão Brasileiro de Acrobacias aéreas na categoria Avançada (2000 e 2002) e uma vez Campeão Geral na Categoria Ilimitada (2005), sempre com a aeronave Pitts S-1S e que hoje faz acrobacias aéreas voando um DR-107, foi quem entregou o título ao aviador Paulo Villares, que encerrou sua carreira após 60 anos de atividade aeronáutica.
“Todos que homenageamos, sem exceção, são exemplos para todos nós do aerodesporto. Exemplos de garra, de perseverança, de amor pelo esporte. Sem dúvida abriram muitos caminhos, superaram etapas. Santos Dumont foi um visionário e a nossa história continua”, disse Marina Posch Kalousdian, presidente da CAB.

cab7

Pioneiro do Aeromodelismo no Brasil, organizador do primeiro campeonato brasileiro de aeromodelismo e do primeiro sul-americano, ex-presidente da Associação Brasileira de Aeromodelismo (ABA), fundada em 1959, hoje Confederação Brasileira de Aeromodelismo (COBRA), Walter Nutini, 87 anos, também foi homenageado pela CAB como personalidade do aerodesporto durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro 2017.
A atleta Eliana Dias, Campeã Brasileira de Parapente de 2016, entregou o título ao também produtor de modelos, que já tem na sua brilhante carreira a Medalha Mérito – Santos Dumont e a “Ordem do Mérito Aeronáutico” da Presidência da República.
“Um grande campeão, quando começou a voar e produzir aeromodelos, enfrentou grandes dificuldades no país, porém nunca desistiu, superando todas as etapas. Temos que ser humildades e fortalecer nossas instituições com bons exemplos”, afirma a presidente da CAB, Marina Posch Kalousdian.

cab10

A Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), homenageou dois atletas da Acrobacia Aérea: Márcio de Souza Oliveira, paulista, Campeão Brasileiro Classe Ilimitada de 2017; Campeão Brasileiro de Acrobacia Aérea, sendo medalhista de ouro em todas as provas nacionais, já participou de dois Mundiais, na África do Sul nas categorias ilimitada e na intermediária. Já pela categoria avançada participou do Mundial da Polônia. Um dos poucos pilotos que já participou de três mundiais, em três diferentes categorias durante três anos consecutivos em três diferentes equipamentos. O próximo desafio é o Brasileiro de 2018 e o 13º FAI World Advanced Aerobatic Championship, que será realizado em Strejnic – Romênia de 16 a 26 de Agosto de 2018; Gunar Halboth, Bicampeão Brasileiro da Classe Avançada de 2000 e 2002, Campeão Geral na categoria Ilimitada de 2005, nove vezes recordista mundial de velocidade da FAI, sendo o primeiro brasileiro em aeronaves motorizadas após Santos Dumont. Os diplomas foram entregues aos pilotos pelo vice-presidente da Associação Brasileira de Acrobacia Aérea (ACRO), filiada da CAB, por Murilo Rovina.

cab2

Para homenagear o aeromodelismo a Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), convidou Ana Beatriz Knoll, representante da presidência da Confederação Brasileira de Aeromodelismo, (COBRA) para fazer as entregas dos diplomas da modalidade aos atletas Carlos Espínola, Campeão Brasileiro Classe F4H de 2015 e Mário Knoll, Campeão Brasileiro Classe F4C de 2015 e Campeão Brasileiro Classe F4H de 2016.

cab3

O balonismo também esteve presente no 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro 2017, evento realizado no último dia 22, em São Paulo, pela Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB). Para entregar os diplomas aos balonistas, a CAB convidou André Ibanhes, que na ocasião representou o presidente da Confederação Brasileira de Balonismo (CBB), Valdemir Taveira.
Os pilotos Ricardo de Almeida, Campeão Brasileiro de 2001; Rubens Kalousdian, Heptacampeão Brasileiro de 1988, 1990, 1995, 1996, 2000, 2003 e 2012. Medalhista FAI – 3º no WAG Cup de 2000; Sacha Haim, Tri-Campeão e Tetra-Vice-Campeão Brasileiro de Balonismo e medalha de ouro nos Jogos Mundiais da Natureza e I Sulamericano de Balonismo de 2006 e Rui Kalousdian, Bicampeão Brasileiro de 1992 e 2010 foram os homenageados, porém quem recebeu o diploma em nome de Sacha Haim foi seu pai, o também piloto Salvator Haim e em nome de Rui Kalousdian, o sobrinho Markus Kalousdian, atleta que faz parte do Time Voa Brasil de 2018, classificado, juntamente com Ronaldo Morales e Lupércio Lima, para o 23º FAI World Hot Air Balloon Championship, que será realizado de 18 a 26 de agosto de 2018 na Áustria.

cab4

Cinco atletas do Paramotor foram homenageados durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro 2017: Márcio Aita, Pentacampeão Brasileiro de Paramotor; Marcelo Simões Martins, Campeão Brasileiro de Paramotor Duplo; Marcelo Menin, Bicampeão Brasileiro de Paramotor; César Medeiros, recordista mundial de Paramotor de 2017 em circuito fechado sem pouso, e como se não bastasse isso, também Campeão Brasileiro de Paratrike solo de 2017, primeiro piloto cadeirante na modalidade no Brasil, além de Rogério Martinati, Campeão na luta e dedicação para a organização de campeonatos conforme regras FAI. Samuel Rocha recebeu o Diploma de Recordista Mundial em nome de Paulo Seabra, que não pode estar presente.
César Medeiros, Márcio Aita, Marcelo Simões Martins, Rogério Martinati, juntamente com Samuel Rocha, Sérgio Kawakami e Tamy Suhett também fazem parte do Time Voa Brasil de 2018. Com diversas conquistas, os pilotos se preparam para participar do 10º FAI World Paramotor Championship, que será disputado na Tailândia no ano que vem.
Para fazer a entrega dos diplomas aos atletas a CAB convidou diplomas Ademar Galvão, representante da Associação Brasileira de Pilotos de Aeronaves Leves – ABUL.

cab5

Valéria Caselato, Presidente da Federação Brasileira de Voo a Vela (FBVV) foi a convidada da Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB) durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro 2017, para homenagear os atletas da modalidade.
Laura Junqueira de Oliveira, filha do saudoso Bicampeão Brasileiro de 1956 e 1958, Acácio Maurício de Oliveira, foi a primeira a subir ao palco, na sequência receberam seus diplomas o Decacampeão Brasileiro (1968, 1970, 1971, 1974, 1976, 1977, 1980, 1983, 1992 e 1995) Ekkehard Schubert e o Tetracampeão Brasileiro Classe Clube (2008, 2014, 2015 e 2017), Sérgio Bassi.
Sérgio Bassi faz parte do Time Voa Brasil 2018 e vai representar o país no 35º FAI World Gliding Championship – Voo a Vela – Classes 18 metros, 20 metros Multi-Seat e Open – IGC/FAI na República Tcheca.

cab11

A equipe da Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira, representada pelos integrantes Daniel Garcia e José de Almeida Pimentel, recebeu homenagens especiais da Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB) durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro 2017, pelo brilho que dão ao Aerodesporto e pelos 65 anos de história com 3 recordes mundiais de voo de dorso em formação e de 3.790 demonstrações.
O atleta Márcio de Oliveira, Campeão Brasileiro de Acrobacia Aérea, teve a honra de entregar, em nome da CAB, os diplomas aos representantes da equipe da Esquadrilha da Fumaça presentes ao evento. Outros 70 diplomas também foram encaminhados aos demais integrantes da Esquadrilha da Fumaça.
A Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira apoia o TIME VOA BRASIL 2018!

cab12

Esse é Humberto do Prado, tricampeão brasileiro de Paraquedismo, conquistou seus títulos nos anos de 1999, 2001 e 2003. O piloto foi mais um dos homenageados pela Comissão de Aerodesporto Brasileira (CAB), durante o 1º Jantar dos Campeões do Aerodesporto Brasileiro, realizado no último dia 22, no Clube Atlético Indiano, na capital paulista.
Humberto do Prado foi um dos patrocinadores do evento, pois além do aerodesporto é empresário no ramo da alimentação. A La Trattoria, que há 39 anos atende em Pinheiros, foi a responsável pelo cardápio do jantar.
Empresário faça como Humberto do Prado e sua esposa Adriana Garcia, contribua com o Time Voa Brasil 2018!

cab17

cab16 Confederação Brasileira de Paraquedismo homenageando seus Campeões em diversas modalidades.

Thomas Milko, Delegado FAI – CIVL | Brasil entregando o diploma no JANTAR da CAB aos atletas Campeões Brasileiro de Parapente… Rafael Saladini, Luciano Tcacenco e Samuel Nascimento em São Paulo e no FEMININO as Campeãs Brasileira de Parapente,  Elisa Eisenlohr, Eliana Dias, Claudia Ribeiro e Marcia Finelli do ACRO.

cab18

cab17 Fotos Ricardo Keuchgerian.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial